Acompanhe o dia-dia Fabrício Viana com posts feitos direto de seu Celular. Twitter de Fabrício Viana.

 



    Garoto de Programa...

    Não sei se é eu quem conheço muita gente ou se, por coincidência, tenho encontrado alguns amigos e conhecidos nos ultimos meses em sites de relacionamento, blogs ou portais se oferecendo para serviços de GP (Garoto de Programa). Ou ainda, se tudo isso é resultado de uma crise econômica ou pura safadeza mesmo, ja que alguns tem um bom emprego fixo e em alguns casos, até relacionamentos estáveis (até onde sei).

    Enfim, será que a Internet também ajudou a proliferar este "mercado"? Até pouco tempo atrás, para ser GP tinha que ir para a rua, enfrentar frio, desconhecidos, visitar ruas desertas, correr o risco com bandidos, etc. Agora não. Um clique, uma sala de bate papo ou a visita em um site que tenha o perfil de um GP já são suficientes. Em outras palavras, esse "ramo" também está em transformação graças a web. Uma amiga travesti, por exemplo, tempos atrás, cobrava R$ 50,00 apenas para aparecer 30 minutos na frente da webcam. Agora, rapazes que são GP, meus amigos ou conhecidos, vou confessar uma coisa: tem aumentado, e muito!!!!

    Não que isso mude alguma coisa. Alias, soube que um deles recebeu boa noite cinderela de um cliente e por pouco não morreu (a intenção do cliente, um cineasta famoso de sampa, era de tê-lo matado). Dificil vai ser provar tudo isso. Mas enfim, como falei a ele, deve-se tomar muito cuidado. Sempre. E a toda hora.


    Escrito por Fabrício Viana às 15h13





    Vida Pós-Parada

    Show de bola!!! Fazia tempo que não curtia a parada no chão, pulando, dançando, trombando com o povo e tomando umas e outras. Fomos com amigas heteros (Ananda de Santos) e uma vizinha muito querida (né Rê?). INFELIZMENTE, durante o percurso, nos perdemos todos e, como tinha gente conhecida em cima dos carros (Ricardo do Escândalo, Marli Porto, etc), subimos e acabamos ficando no carro do ABCDS (Ong do super Marcelo Gil, também amigo). Não é por nada não, mas era um dos carros com as melhores músicas!!! (risos) Sem falar da presença de Léo Aquila... um show a parte!! Tirei foto com a mãe dela e tudo... bacana não??

    Enfim, como foi a primeira vez depois de anos que não me preocupei em tirar fotos, gravar vídeos ou cobrir a parada para veiculo algum, eu realmente consegui curtir a parada inteira. Ali em baixo, junto com povão, me recordei o que um colega hétero falou sobre a parada: é uma rave a céu aberto!!! E, cá entre nós, é bem isso mesmo!!! Mas, mesmo sendo uma grande festa, ela não deixa de ser um evento político pois a quantidade de gays abraçados, se beijando e convivendo junto com muitos heterossexuais é algo que deveria acontecer todos os dias!!! O mundo inteiro deveria ser assim. Tolerância, respeito e cada um na sua. Sem violência, preconceito ou discriminação. Quer beijar homem? Beije!!! Quer beijar mulher?? Beije!!! Cada um faz aquilo que seu tesão manda...

    Bom, vou ficando por aqui... a parada terminou e a vida continua!!!! Quarta-feira tenho um encontro com alguns escritores. Vamos sentar e conversar sobre projetos de aproximação do público gay com a literatura. Tenho algumas idéias e vamos discutir todas. Claro que comentarei tudinho aqui no blog. Ou, pelo menos, uma pequena parte (risos).

    Parabéns pela cobertura minuto a minuto do Mix, pela APOGLBT, pelas ONGS e trios envolvidos e todas as pessoas que, de uma forma ou de outra, trabalham e lutam para que a parada seja realizada todos os anos. Bom descanso e muita energia positiva para os próximos dias...


    Escrito por Fabrício Viana às 15h13





    Mix na Feira Cultural!!! Show!!!

    Caracoles!!! Colocar alguns vídeos do festival MIX BRASIL dentro da Feira Cultural foi a melhor coisa que fizeram. Tipo, você vê trocentas barracas, trocentas pessoas, trocentos shows e ai, da uma passada lá, confere um clima mais cult e assiste alguns curtas com a temática. Hoje passamos lá, assistimos um curta de transexualidade (absurdamente bom) e quando estávamos indo embora passou o nosso curta (fiquei surpreso também) chamado NOSSO ORGULHO (Assista no Youtube), sobre os 10 anos da parada gay. Nem tanto pelo nosso curta mas sim pelo espaço que, tomara, passe a fazer parte de todas as futuras feiras culturais glbts. Parabéns para o pessoal do Mix e um beijo especial para o Thiago que foi muito fofo!!!

    Lembram que comentei do Schnauzer? Logo quando cheguei na feira vi um de longe. Esse ai é o Ralph. Fiquei namorando ele mó tempão, conversei com o dono (um amor) e peguei o telefone de um canil. Vou entrar em contato em breve. Como disse, quero um casalzinho. To ficando doido por esse cachorro!!!

    Esse ai é o Betinho (foto tirada pelo bebê), meu ex-vizinho. Mó saudades dessa lombriga. Meu amigo inseparável. Já brigamos, já voltamos a ficar amigos, brigamos de novo e assim a vida vai indo. Mesmo assim, gosto muito desse cara. Ele é feio mas é limpinho... Né betinho?? Bjs no Edhi e vê se aparece em casa, caralho!!!!! kkkkkk

    Também encontrei a Marli Porto, o Thiago+ (bloguista do mix) um amor de pessoa, meu amigo Dener, Marcelo do ABCDS, Dimitri do CADS, Alessandra da parada, aff, melhor parar, é tanta gente que é aquela velha história, se citar todos e esquecer, fudeu... kkkkkk... espero encontrar mais gente na parada... vou ver a lista de carros e ficar próximo do carro mais fervido, com o melhor som. E pela primeira vez quero beber até cair e me divertir muito... se verem um carequinha, sem camisa, com uma racha do lado e outro carequinha moreno, somos nós... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h12





    Gays são bem sucedidos, gastam muito dinheiro e são exigentes. E mais, por não terem filhos pertecem na maioria das vezes as classes A e B da sociedade, sendo foco principal de grandes investimento

    Gays são bem sucedidos, gastam muito dinheiro e são exigentes. E mais, por não terem filhos pertecem na maioria das vezes as classes A e B da sociedade, sendo foco principal de grandes investimentos.

    Seria um mito? Vamos ver alguns casos. Certa vez, o dono de uma boate disse a um falecido amigo que as pessoas achavam que gays eram bem de vida mas que na verdade a maioria não passava de uns "pobre coitados", doidos por vips ou para pagar menos na entrada do clube ou em várias festas e eventos (consumindo, inclusive, pouco ou quase nada). Obviamente não foi dito com estas palavras mas era mais ou menos isso que ele tentou dizer a meu amigo. O que, de certa forma, não deixa de ser verdade. Ou ter sua verdade.

    Outro caso interessante. Um militante gay publicou anos atrás em uma lista de discussão o que achava sobre o pink money. Ele disse que o que move o mercado pink é mesmo as paradas gays. Nela homens casados, médicos, advogados, executivos e pessoas bem sucedidas deixam suas esposas e filhos em casa e partem para uma viagem "de negócios" em São Paulo justamente no final de semana que acontece a maior parada gay do mundo. Claro que não devem ser todos. Mas isso nos leva a crer que o cara que vem para Sampa, gasta em viagem, hotéis, restaurantes, saunas, clubes, locais de pegação, etc na verdade "não é gay". Mas tem muita grana.

    Eu, definitivamente, não sei qual verdade é mesmo a "grande verdade". Sei sim que na Internet, por exemplo, sites de sexo gay são muito mais visitados do que sites informativos gays (isso acontece também com sexo hetero e sites informativos heteros). Algumas coisas dão certo com o pink money (tudo ligado a turismo gls e de preferencia na época das paradas, ou sexo) e algumas coisas não darão nunca, de jeito nenhum, graças ao preconceito, baixa auto-estima dos homossexuais e negativismo homossexual.

    Obviamente esperamos que as coisas mudem com o tempo. Muita coisa já mudou. Mas muitas outras precisam ser mudadas também. Dai vem a importancia de tais pessoas assumirem seus desejos, sairem do armário, serem autênticos, construirem uma identidade gay, lutarem por seus direitos e se incluirem, naturalmente, no meio "hetero" (combatendo também o heterossexismo). Por isso, mais do que justo, ter alguém sempre focado neste assunto (Saida do Armário). Como é e sempre será meu caso (por mais que amigos jornalistas e editores de portais estejam de saco cheio do assunto)(risos).

    Então é isso. Apenas algumas reflexões sobre o pink money. Bom final de semana a todos. Lembrando que hoje tem feira cultural, depois play gay e domingão, a maior parada gay do mundo. Usem roupas leves, tomem muita água, preservem monumentos, gramados e demais locais do percurso e tomem cuidado, principalmente, com celulares, cameras digitais e filmadoras. A elsa corre solta!!! E se me ver por ai, pode cumprimentar, se ficar timido, diga que gosta ou odeia meu trabalho, meu livro ou meu blog. Juro que não mordo. Alias, nem posso... (risos) ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h12





    BLOGs desatualizados do MIX

    Que chato, um conhecido da academia comentou outro dia que lia meu blog mas que fazia tempo que não entrava aqui pois "Os blogs do Mix Brasil nunca eram atualizados". Eu falei: não, são atualizados sim!!! O problema é que a pessoa responsável pela atualização da "capa" de blogs (pelo que sei é o Cia) não atualiza os ultimos posts do pessoal lá na capa. Na verdade ele até atualiza, mas só os posts do blog dele e do Fischer (risos). Com direito a fotos e tudo. Os outros? Só quando der (semana passada ficamos 2 semanas sem atualizações)...

    Claro que o Cia é o editor, trabalha muito, tem trilhões de coisas pra fazer neste mega portal + revista Junior. Alias, sempre gostei e respeitei muito ele enquanto profisisonal. Também precisamos ter em mente que toda atualização web feita MANUALMENTE é um porre só. Entretanto, existem tecnologias novas (e simples) como o RSS (que nosso blog tem) que permite - por exemplo - que a página principal de blogs seja atualizada automaticamente no momento em que cada bloguista faz o post de um novo tema. Sem precisar visitar cada blog. Assim, a correria do dia-dia permitiria que a capa principal de blogs fosse atualizada AUTOMATICAMENTE a cada post. Sem que nosso cantinho, muito querido, seja esquecido por outras prioridades (que, novamente, devem ser muitas). Não sei se o Cia continua cuidando desta parte ou repassou o trabalho para outra pessoa que, também, nos esqueceu. Mas fica aqui a dica do RSS como sugestão... ;-)

    Enquanto isso, não deixem de visitar uma das seções mais amadas do Mix Brasil. Conhecer bloguistas, ler suas peripécias, cotidiano, opniões, vida e tantas outras coisas que, de uma forma ou de outra, acabam agregando conhecimento e experiência de vida (para ambos os lados, garanto!)....


    Escrito por Fabrício Viana às 15h11





    Clicks Por Ai...

    Novos membros da família Viana (Tico e Teca), ganhamos da senhora que mora em frente (muito fofa a senhorinha!!):

    1º Parada Gay de Cotia/SP. Uma das muitas fotos que o Alex tirou. 2 mil pessoas e aquela sensação de "ambiente familiar". Show!!

    Minhocão de Sampa no findi. Passei lá hoje, domingão, as 15hs. Muita gente bacana e um casal (homem e travesti) lindérrimos desfilando com seu dog e fazendo amizade com todos. Que cena maravilhosa. Vou passar mais vezes por lá...

    Temos 3 Yorkshires, hoje decidimos que vamos comprar (assim que pudermos) um casal de Schnauzer, que cãozinho mais fofo!!!! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h10





    CABAL ONLINE

    Mais um joguinho supimpa que comecei a jogar. Tem 800Mb, é gratuito e você só joga online. Se quiser ter mais "privilégios" e "benefícios", paga uma pequena taxa mensal para a GameMaxx, empresa que colocou o jogo no Brasil. Cabal se destaca por sua variedade de personagens, armas, itens e principalmente COMBOS de ataque (lindérrimos!!!)(risos). Quem tiver interesse em instalar, entra no www.cabalonline.com.br, faz o cadastro e baixa o jogo. Tem um vídeo bacana no Youtube, clique aqui para assistir

    Detalhe: conheci o Cabal graças a um leitor do meu blog que o recomendou meses atrás. Na época não tinha no Brasil e o cadastro e a jogabilidade eram péssimos. Agora não só tem como está dentro do servidor do UOL (isto é, rapidez absoluta). Só precisa ter uma boa máquina e algumas longas horas de paciência para entender o jogo (é normal ficar perdido no início, minha dica é, tente matar primeiro os Suricatos e os Besouros Grandes - clicando em cima deles e apertando o botão 1). Boa sorte! Se curtir, me escreva e a gente joga juntos (em party)... ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h10





    Universo é tão grande...

    E tem gente fazendo picuinha, criando conflitos, odiando, infernizando e boicotando o próximo como se tudo isso fosse algo importante. As vezes, só as vezes, também acho o ser humano desprezível... ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h10





    MAIS CONVITES....

    Galerinha, além da minha participação no cinema GLBT que vai acontecer nesta quarta-feira (participação gratuita, leia mais em um dos posts abaixo), também fui convidado para um sarau GLS onde eu e a Marli Porto, mais alguns escritores, estarão presentes!!! Quem puder apareça!!! Assim que tiver mais detalhes do sarau postarei aqui (provavelmente será dia 19/05).

    Mas o cineminha é agora!!! Dia 14/05 (quarta-feira)!!! Liguem lá e reservem seus lugares!!! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h10





    Devidamente registrado... ;-)

    Esse é o esboço da capa do meu segundo livro.

    Talvez nada seja mudado. Acredito que logo após a muvuca da parada já possa disponibilizar para download os primeiros 3 primeiros capítulos. Estou tão ansioso para mostrar quanto algumas pessoas para terem acesso a ele. Detalhe, para quem leu O ARMÁRIO sabe que os sonhos representam partes reprimidas e que, quando se repetem, são passíveis de serem analisados (principalmente entre os gays devido aos conflitos da homossexualidade). O Júnior, como é chamado meu protagonista, OBVIAMENTE, também vai ter alguns!!! (risos) Ai ai, estou amando escrever ele. Pena que tive que voltar alguns capítulos para melhorar algumas partes... o mais foda é que tenho um medo absurdo do livro não ficar bom... por isso estou me empenhando muito... Mesmo assim manterei todos informados, afinal, vocês poderão acompanhar toda essa "produção" lenta e demorada... como DEVE ser toda boa história... ;-)

    Gostaram da capa? Aquela tatoo ali, tem toda uma história... claro que não vou contar... kkkkkk

    E, quem puder, participa da comunidade dele no Orkut: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=10578412


    Escrito por Fabrício Viana às 15h10





    CONVITE: Vamos assistir três filmes?

    Comentei brevemente no post anterior que eu estaria em um debate dia 14/05. Acredito que ele ocorra logo após a exibição de três curtas NACIONAIS com temática GLBT.

    Mais informações? Clique na imagem acima. O evento é realizado pelo Sindicato dos Bancários (CUT) e tem capacidade para 150 pessoas!! Reservas com João Leite 3284-7873 ou Claudio Renato 3122-5200 no ramal 5408.

    Lembrando que o local é de fácil acesso (praticamente do lado do metrô brigadeiro). Espero ver todos vocês lá. Todos mesmo!!! Inclusive leitores do meu blog aqui do Mix Brasil. Então, podem se programar. ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h10





    ParadaGay 25/05/08 - Não muito empolgado...

    Dia 25 de Maio agora (daqui a poucos dias!!) teremos mais uma Parada do Orgulho GLBT de São Paulo. Lembrando que ela ainda é a maior do mundo!!! Talvez por isso meu ânimo para ir não seja um dos melhores possíveis.


    Não sei, acho que a parada cresceu tanto, ficou tão gigantesca e tão abarrotada de gente que perdeu um pouco daquela parada "familiar", onde se via crianças, senhores e senhoras caminhando sem serem empurradas ou sofrerem com a superlotação.


    Vejam bem, não estou criticando a parada em si (quem me conhece sabe que eu sempre a defendi!!), mas sim a "superlotação", o excesso de gente ou, por outro modo de ver, o POUCO espaço físico existente. Sem falar que, antigamente, a Silvetty Monttila, por exemplo, era um grande destaque e uma animação a parte. Todos a viam e todos a escutavam. Hoje em dia, ela, mesmo em cima do carro oficial da parada, torna-se quase que invisível e "inescutável". São estas diferenças que estou tentando mostrar.


    Por isso, irei a Parada sim. Não só pela militância mas por estar presente desde as primeiras. É algo que nunca deixarei de ir. Apenas confesso que ela não me empolga mais tanto quanto já me empolgou e que o grande tesão de ir será justamente a companhia de alguns amigos queridos (virão do RJ e Curitiba e ficarão em minha casa). Uma amiga cogitou a possibilidade de gravarmos uma matéria para passar numa TV em Santos. Mas eu estou tão sussegado e praticamente de férias da mídia que estou pensando com carinho em tudo.


    Quero apenas ir (não pretendo ficar em nenhum carro!! talvez um pouco no do Disponível.com), REVER OS AMIGOS (que faz tempo que não nos vemos), beber e se divertir muito. E, claro, torcer para que tudo corra bem, que tenhamos poucos assaltos, que o povo não dê bandeira com celulares, câmeras e filmadoras e que os próprios organizadores tenham um trabalho tranquilo durante toda a manifestação e celebração da visibilidade GLBT.

    Ops: quase ia me esquecendo, dia 14/05, quarta, fui convidado para participar em uma mesa de debates na CUT sobre a homossexualidade... assim que tiver mais detalhes, posto aqui... bom final de semana a todos!


    Escrito por Fabrício Viana às 15h09





    Melhorando.... ;-)

    [Parte do Post Removida - Quem Leu, Leu, Quem não Leu, Não Leu][risos]


    Agora, mudando de assunto, já tenho 5 capítulos do Prometheus e antes de continuar, estou voltando e revendo algumas falas, situações, português e outras coisas. Parece um quandro que se pinta, você mexe aqui e ali, retoca, volta, complementa, tira, bota mais cor, deixa algumas partes mais escuras, etc. To amando muito. A única coisa que não vou mais fazer é ficar imprimindo as primeiras partes e monstrando para alguns amigos. Decidi que, quando tiver pelo menos 1/3 dele pronto, ai sim, mando para as pessoas certas (que demonstraram interesse em me ajudar) para que possam ler e darem uma força. E, claro que vou colocar para download aqui no meu blog, mas não todos os capítulos. Só os primeiros para dar aquele gostinho de "quero mais"...


    Escrito por Fabrício Viana às 15h09





    Fanatismo deveria ser crime!!!

    Adoro receber e-mails de religiosos fervorosos contra meu artigo "Como se defender da Bíblia?" (LINK DO ARTIGO ). Lá eu digo que respeito religiões e religiosos, agora, me escrever tentando me converter e dizendo que eu sou um pecador como qualquer outro ser humano é o fim do mundo!!!! Como posso ser pecador naquilo que eu não creio? Não sou cristão, evangélico, budista, esotérico, enfim, sou ateu convicto galerinha... Me deixem em paz!!! Vão caçar o que fazer!!! Emails deste tipo vão direto pra lixeira... boa semana a todos e todas!!!

    Em tempo, odiei a matéria do Fantástico sobre o caso Ronaldinho e as travestis. Que jornalismo é este que não entrevistou as duas partes? Nenhuma das travas sequer foram ouvidas na reportagem... só o Fenômeno... cruzes!!! Não esperava isso do Fantástico... vou dormir decepcionado... alias, por estas e outras eu fiz questão de colocar umas travinhas no meio do Prometheus (meu novo livro, para quem não leu os posts abaixo)... Assim, esse povo, inclusive os gays, conhecem mais nossas amigas e dão mais valor as suas vidas longe do machismo e do preconceito burro sobre as siliconadas....

    Mais uma vez, boa semana a todos e todas...


    Escrito por Fabrício Viana às 15h09





    Yorgute!!!

    Gostei do meu Yorgut hoje... tudo a ver.... ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h09





    As travas do Ronaldinho...

    Para nós que somos gays e somos bem relacionados com a mídia gls ou não, não nos espanta o caso do Ronaldinho e as travestis. Sabemos que muitos jogadores de futebol conhecidos curtem uma sacanagem com outros homens de vez em quando e tudo é feito no mais absoluto sigilo. E isso não acontece só com jogadores mas também com apresentadores de TV, atores famosos e uma porrada de gente conhecida.

    O foda, em toda esta história, é o Ronaldo não poder assumir - por mais que talvez saiba que elas eram realmente travestis - seu desejo e sua vida íntima. Lembrem-se: o cara é o "fenômeno", conhecido mundialmente e muito paparicado por toda a imprensa mundial. Isso significa , como ele mesmo disse ao delegado, que sua "carreira" estará arruinada. O escãndalo, segundo noticiou o Yahoo Esportes, já custou o fim do relacionamento com a namorada Maria Beatriz Anthony e também pode causar o rompimento do contrato vitalício com a Nike. O caso é realmente grave graças ao machismo, preconceito e falta de informação (empresas sérias, grandes e multinacionais odeiam tudo isso).

    E tudo por causa de uma fodinha! Afinal, o que tem demais em um ser humano com peitos e um pênis ao mesmo tempo? O que tem de mais ao invés de uma, socilitar 3 de uma só vez? Nada. Mas o cara é o fênomeno e dinheiro pra gastar com advogados é o que não falta.

    Quem sai prejudicado nestas histórias é sempre a parte mais fraca, isto é, a Andréia Albertine (André Luiz Ribeiro Albertino) que, segundo várias notícias que eu li, é uma pessoa séria, confiante e que luta na justiça por seus direitos não somente enquanto travesti, mas sim enquanto ser humano digno acima de qualquer coisa.

    Outro fato que Andréia teve que encarrar recentemente foram os babacas do Panico na TV (alias, nunca gostei) quando, dentro da Rede TV gravando para o programa Super Pop, foi abordada por Wellignton Muniz e Rodrigo Scarpa que, fantasiados de Milene Domingos (ex-mulher do Ronaldinho) e Ronaldo, tentaram gravar uma reportagem irônica (que só eles acham graça). Andréia não gostou, foi perseguida pelos dois dentro da Rede TV e quando estava encurralada, pendindo para não ser filmada, jogou objetos para cima dos dois. Como ela é esperta foi a delegacia e registrou um boletim de ocorrência contra os dois.

    Palmas para a travesti. Não ficar calada, lutar por direitos e fazer um auê gigantesco não é só um direito mas como deveria ser uma obrigação de todos e todas. Vamos ver no que vai dar...

    Ps: só uma observação importante: se a travesti estivesse mentindo, não falaria, jamais, que tinha ido comprar cocaina na Cidade de Deus em todas as entrevistas que deu na imprensa... quem mente, mente toda a parte negativa também... então, acredito na versão dela que o cara realmente sabia que não eram mulheres... claro que eu não estava lá para saber exatamente o que aconteceu, mas, que é foda tudo isso é...

    Ps2: gratos pelos comentários recebidos por email dos posts anteriores... to curtindo muito... conhecendo outros pontos de vistas e outras histórias... muita gente me escreve contanto relatos pessoais e isso é muito rico... leio atentamente tudo... obrigado mesmo!


    Escrito por Fabrício Viana às 15h08





    As bibas colocadérrimas...

    Outro dia numa boate fervidíssima por ai, encontrei um conhecido da academia, gay, bombado e fervido próximo da pista. Ao passar por ele, o cumprimentei sem ter qualquer retorno. Ele estava parado, meio catatônico, olhando em minha direção mas para o vazio do infinito. Não liguei pois não tínhamos amizade (embora ele sempre me cumprimentasse na academia).

    Dias se passaram e eu o reencontrei treinando em um equipamento próximo ao meu. Esperei ele me cumprimentar ou não. Então ele me cumrpimentou todo sorridente como sempre fez. Foi então que eu citei que o tinha visto na boate XXXX, que o tinha cumprimentado e ele não tinha me visto. Para meu espanto, ele, todo confiante, disse: NÃO. CLARO QUE EU TE CUMPRIMENTEI!!! Eu, sem saber o que dizer, mudei de assunto. Em seguida, fiquei pensando, será que ele estava tão colocado que "pensa" que me cumprimentou? Ele pode até ter me cumprimentado sim, mas mentalmente. Nada fisicamente (risos). Pois ele estava realmente catatôico (nem dançando estava).

    Devido a esta experiência mais o fato de ter presenciado as bombadinhas todas se drogando na pista da mesma boate, pensei comigo: que rídículo é tudo isso!!! Elas malham, se cuidam, tomam suplementos, proteinas, ficam com corpos belíssimos e vão para a balada toda colocada (drogada) ao ponto de não saberem o que fazem, quem beijam, com quem trepam e até mesmo com o que se drogam. No outro dia, é tudo a mesma coisa. E algumas são tão abusadas que usam de tudo descaradamente no meio da pista para quem quiser ver.

    Desculpem meu tom careta mas a situação humana é deprimente. Eu, particularmente, nunca condenei o uso de drogas e muito menos fiz apologia. Mas a situação em si é deplorável. Claro que não são todas e isso não é exclusividade do meio gay (heteros usam tanto quanto). Mas, se a ditadura do corpo, das bombadinhas, diz que você também tem que ficar colocadérrima na boate para pertencer a tribo, eu estou definitivamente fora!!! Mesmo porque nunca pertenci a grupo nenhum...

    Eu só acho que a vida tem coisas melhores para se viver e uma BOA PSICOTERAPIA pode ajudar muitas a ficarem loucas em uma pista de dança sem precisar usar nenhum tipo de "aditivo"...

    Claro, esta é apenas minha insiginificativa (?!?!?!?!) opinião... ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h08





    Machismo no trabalho...

    Voltei a trabalhar na empresa e, pela correria dos trabalhos paralelos e academia que não largo nunca, pedi para mudar meu horário a fim de sobrar mais tempo livre durante o dia.

    Felizmente deu certo. Entretanto, a quantidade de heterossexuais machistas aumentou violentamente. Me fazendo sempre recordar do meu artigo chamado "A fixação gay de um heterossexual". Quem não leu, aqui está o link: http://www.oarmario.com/artigos_fixacaogay.php

    E é tudo automático. Quando eu escuto as piadinhas machistas, a constante difamação de gays, eu penso: como eles são todos frágeis, fracos e alienados em um tema que não fazem nem idéia que existe. É estranho ver que eles são controlados por uma personalidade em conflito com sua própria masculinidade (algo que eu, felizmente, não tenho). É claro que isso me chama a atenção. Parece o filme do Matrix. Todos estão presos na mesma dinâmica psíquica que só traz um resultado: sua própria fraqueza precisando ser burlada constamente por meio da inferiorização do outro. E, novamente, a cada 10 assuntos, 8 ou 9 tem conteúdo homossexual. A todo momento.

    Eu nem ligo mais. Só fico triste pelo machismo em si existir. Acredito que ele nunca irá terminar e, infelizmente, os homens (incluindo alguns gays alienados, também machistas) jamais ficarão livres desta cobrança ridícula de sua masculinidade. O que me deixa contente é entender muito do assunto (graças ao João Silvério Trevisan em seu livro SEIS BALAS NUM BURACO SÓ) e ter dedicado um capítulo inteiro no O ARMÁRIO, sobre isso. Assim, todos tem acesso, entendem e sacam que os que inferioriza, são tão fracos quanto os que são inferiorizados.

    Tenham todos uma boa semana!


    Escrito por Fabrício Viana às 15h08





    As primeiras críticas... :-(

    Pois é, nem tudo é maravilha. As primeiras críticas que recebi, de dois novos amigos que receberam cópia dos primeiros capítulos do livro PROMETHEUS foi: está muito forte! Tem muita cena de sexo e o início esta parecendo conto erótico. No início, o Junior (cujo nome é Prometheus), relata o que lhe acabara de acontecer (uma baita orgia dentro de uma boate em São Paulo). Mais tarde, ele, sentado no sofá de sua casa, lembra de sua infância no interior de São Paulo onde vem toda a introdução da vida do personagem. Pensei em amenizar a orgia sexual do início. Mas, se eu o fizer, estarei retirando o que acho importante. E pior, não sendo autêntico com minhas intenções do livro. Então preferi permanecer com o relato e colocar na capa "contém relatos sexuais" e "probido para menores de 18 anos". Para que as pessoas não se choquem, vou ter que explicar a todos as diferenças do meu primeiro livro para este segundo. Praticamente o oposto do primeiro (logicamente, partes de minha sombra - conceito de Jung). Por isso fiz a imagem acima e postei no album do meu Orkut. A dúvida é, será que mantenho tudo? Será que isso vai prejudicar minha imagem? (como me disseram ontem?). Não sei. Só sei que estou louco para terminá-lo. Alias, ontem mesmo, perguntei a um conhecido na academia se ele leria um livro de ficção gay com relatos sexuais e ele disse: claro, se a história for interessante, não tiver apenas sexo, é lógico que irei ler. Respondi: sim, não é só sexo. Tem muita coisa interessante acontecendo com o personagem. Agora, vamos ver...

    Post Editado: Já tem comunidade do PROMETHEUS no ORKUT, participe: http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=10578412


    Escrito por Fabrício Viana às 15h07





    A MÍDIA e os GAYS....

    Interessante como é só chegar próximo as paradas gays mais visíveis existentes no Brasil que os jornalistas ficam loucos por pautas sobre o tal "homossexualismo". Pauta esta que muitos desconhecem ou, se conhecem, é superficialmente e pelo ponto de vista machista.

    Parte boa: ganhamos visibilidade. Parte ruim: muita gente aparece e não fala coisa com coisa.

    Alias, por falar em "não falar coisa com coisa", hoje assisti na TV durante o dia um tal "sismólogo" ao vivo que iria passar informações sobre o terremoto paulista. O coitado tinha vários diplomas e doutorados mas na hora H, de falar, explicar, citar casos, etc, só respondia o trivial "sim" ou "não". A jornalista que o entrevistava até tentou arrancar mais informações do cara mas ele não era nada dinâmico (ou, em ultimo caso, não tinha experiência com TV). Mais uma vez, minha crítica aos profissionais que estudam tanto e na hora de falar algo pra sociedade não conseguem/não sabem. Enfim, uma pena.

    Mas voltando sobre as paradas e os jornalistas.... espero que a mídia busque algo que fuja um pouco do que sempre fazem sobre a parada e os gays (de só mostrar drag queen e pessoas fantasiadas). Exemplos? Que tal uma pitada de informações mais sérias? Que tal falar de leis e direitos que ainda não temos? Que tal citar os casos de violência e morte? As pessoas acham que a vida dos gays está melhor, está mais "bonitinha", etc. Mas quem vive no mundo real sabe que no fundo está tudo quase a mesma coisa. Claro que, se você mora em São Paulo, próximo aos Jardins e Consolação (ou algum bairro com muitos babados), vai achar que eu sou velho e ultrapassado. Agora se você mora em cidade distante ou interior deste imenso Brasil, verá que tenho razão. O preconceito, a discriminação, tudo esta ai, e muita coisa ainda precisa ser feita...


    Escrito por Fabrício Viana às 15h07





    GAYS SAEM DO ARMÁRIO... ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h07





    Caso Isabela - Que chatice!!!

    Vou lançar uma campanha no meu blog: NÃO AGUENTO MAIS OUVIR O CASO DA MENINA ISABELA!!!

    É trágico, é. É monstruoso, é. Mas chega!!! Nem o BBB8 deu tanta repercussão, comentários, notícias e especulações no início deste ano. Vamos cuidar da vida povo!!! Vamos cuidar dos cartões corporativos, de criminosos mais perigosos e outras coisas. Chega!!!!! A vida continua!!!

    Será que tudo isso é falta de pauta??? Falta de assunto no meio jornalístico??? Que bosta hein???

    Parte Editada= por ter recebido uma quantidade razoável de e-mails de usuários indignados com o meu post, vou explicar: não estou desmerecendo a violência infantil, nem ignorando o fato do caso ser grave ou muito menos comparando a morte de uma menina com cartões corporativos. Cada um entende aquilo de um jeito, sei disso pois sou bloguista há quase 10 anos. Entretanto, para ficar bem claro, minha crítica é a de que em tudo quanto é lugar só se fala nisso. Apenas nisso. E o assunto já deu o que tinha que dar. Que os culpados sejam presos (também torço por isso) e que os jornalistas prestem atenção a outros fatos tão graves quanto este (e que acontecem diariamente!!!). Entenderam? Por um lado fiquei feliz, pois mesmo com o pessoal do MIX BRASIL não atualizando a capa de BLOGS do portal (a gente posta direto e os posts lá são super antigos)(risos), vejo que as pessoas realmente passam por aqui e leem tudo. E mais, elas interagem, mandam email, concordam e discordam... alias, como respondi a um deles, adoro quando discordam. É chato conviver com quem pensa tudo exatamente como você... boa semana a todos e todas!


    Escrito por Fabrício Viana às 15h07





    A internet e a tomada...

    Pois é, por causa da família (post anterior), me mudei para uma região fora da capital paulistana. Estou curtindo a nova vida e muito feliz por ter cortado o vínculo familiar. Minha mãe continua importunando, ligando e já descobriu onde eu moro. Não sei pra quê, se sou eu que não quero NUNCA MAIS contato com eles. Mas enfim, um dia eles cansam. Ou nos mudamos de novo de endereço até ficarmos "indetectáveis" (se bobear para outro estado).

    O único inconveniente de tudo isso é que, no novo endereço, não tem disponibilidade técnica do speedy (banda larga). E pior, não tem nenhum concorrente. Estou quase ficando louco com a conexão discada (banda larga na minha vida é igual tomada elétrica, difícil viver sem!!!). Nem tenho mais vontade de entrar na Internet, ver Orkut, navegar, pesquisar, divulgar meus trabalhos, etc. No máximo, checo meus emails e pronto. Talvez, com isso, me sobre mais tempo para terminar meu livro Prometheus.

    Alias, sobre o livro, eu já imprimi até o 4º capítulo e mostrei para 5 amigos (3 gays e 2 héteros). Eles adoraram e me cobram o restante a toda hora!!! (risos). Meu único receio é que o livro tem várias cenas picantes de sexo (hetero, bi, gay) e eu não sei se existe censura quanto a isso em publicação de livros. Nunca vi um livro com uma tarja vermelha escrito "Proibido para menores de 18 anos" ou "Contém relatos de sexo explícito". Se alguém tiver mais informações sobre isso e puder me orientar, agradeceria (meu e-mail esta ai em baixo para contato).

    Agora, o que vou acabar fazendo mesmo é disponibilizar os primeiros capítulos do livro para download muito antes dele ficar totalmente pronto. Quero, muito, ouvir a opinião de todos vocês! Será que eu presto pra ficção? Quem vai me dar a resposta são vocês!!!! Por enquanto, tenho 5 votos a favor!!! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h07





    CUIDE DA SUA VIDA... !!!!

    O único problema de ter um pouco de exposição é a quantidade que aumenta de pessoas (que você não conhece) falando da sua vida, inventando histórias, dizendo que te conhece, dando palpites, te vendo em lugares que você nunca foi, etc. Da vontade de ficar dizendo sempre: "Cuidem de suas vidas. Da minha cuido eu!!!". Claro que não adianta muito. Mas hoje, comparando-se com o passado, eu me estresso bem menos com tudo isso.

    E sim, ainda estou empolgado com o novo livro. Vou disponibilizar os primeiros capítulos para download em primeira mão aqui no meu blog, para os usuários do Mix Brasil, assim que registrar. Mas, só para vocês, também em primeira mão, o nome dele será PROMETHEUS. No livro terá a explicação do porque "theus" no final e também o motivo do nome "estranho" dado ao protagonista em uma época tão atual. Qualquer referência com Prometeu, que roubou o fogo dos deuses para dar ao homem e foi castigado, não será mera coincidência (lembrem-se que sou formado em psicologia junguiana e ADORO símbolos - embora o livro não tenha nada de místico - é tudo bem pé no chão mesmo!!). O subtítulo falarei em breve (ainda não me decidi completamente). Em outras palavras, tudo no seu tempo... mas para quem acompanha meu blog, terá informações privilegiadas sobre ele e acompanhará todo o processo de escrita e produção... ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h06





    Escrevendo livro de ficção gay...

    Nunca gostei de ler ficção. Mas pela quantidade de pessoas que gostam, do sucesso que uma boa história faz e das constantes solicitações de amigos para escrever um livro de ficção, resolvi arriscar. Peguei o palm top com teclado (praticamente um mini notebook, mas discreto e super portátil)(risos), fui ao Centro Cultural Vergueiro durante a semana (adoro aquele lugar, pela quantidade de livros e o silêncio), sentei e sem ter nada previamente na cabeça comecei a escrever. NÃO ACREDITEI. Em 4 horas já estava no terceiro capítulo!!!

    Cheguei em casa, imprimi e mostrei ao Alex (que iria me reprovar ou não). Ele ama livro de ficção gay (já leu vários!). Conforme ele ia lendo minha ansiedade aumentava. Eu pude ver suas expressões faciais a cada parte lida. Em uma cena, quando o protagonista - com 15 anos - ejacula e "não sai nada", pela cena em si e outros comentários, ele pára de ler e dá muita risada. Conforme ele ia lendo, dizia "Essa cena é forte!". Ou, "Dá onde você tirou isso?". Fui sincero: algumas partes são minhas, outras histórias de conhecidos, leitura de contos eróticos, um pouco de teatro, criação de personagem, sentimentos, conhecimento de conflitos em psicologia, etc, tudo misturado!!!!

    Quando terminou, ele pergunta nervoso: "Cadê o resto?". Que resto? Ainda estou escrevendo! Gostou? "Claro que sim, termina logo, está muito bom!!". Obviamente eu, não aguentando, comecei a falar a história de quase todos os personagens até então criados e que entrariam em capítulos futuros. Expliquei quem era quem, as surpresas que eu estava guardando para o leitor, o que aconteceria e outros detalhes. Pelo entusiasmo dele, tive forças pra seguir em frente e continuar a escrever.

    Estou tão empolgado com ele que já tem nome (se eu registrar parte dele até o final deste mês, prometo publicar aqui) e uma possível capa. Alias, a capa, pesquisando wallpapers gays na net, achei algumas pinturas homoeróticas em um site americano que achei PERFEITO para a capa. Escrevendo ao autor, soube que ele é brasileiro, vive em São Paulo e pasmem, já autorizou a cessão de direitos autorais. Porém, ainda estamos conversando. Mas se der tudo certo, até a capa eu já tenho!!!

    Mesmo assim, estou muito contente com o novo trabalho. Como disse ao amigo Lufe Steffen, que me ligou neste final de semana para ver detalhes de seu livro sobre a boate A LOCA, eu não fazia idéia de que seria tão fácil escrever um livro de ficção. Ele, muito experiente (trabalha no mixbrasil e possui diversos filmes e roteiros produzidos), me disse que em determinado momento os personagens "falam sozinhos". Criam vida e você apenas escreve o que eles estão dizendo entre si. E é justamente o que esta acontecendo. Estou maravilhado, amando e plenamente dedicado em terminá-lo o mais breve possível. Previsão de lançamento? Depois de Junho, depois do meu aniversário, ou, quem sabe, na mesma época. Faço uma festa só!!!

    Antes de terminar o post, obrigado pelos emails vindos daqui. Li todos e prometo tentar responder assim que possível. De antemão, confesso que eu ainda fico perplexo pela quantidade de pessoas que lêem meu blog (alguns desde a época do "Diário do Darlan", criado em meados de 2002), que acompanham minha vida e meus trabalhos. E gostam. Isso sim é muito gratificante. Então, uma boa semana a todos e todas!!!! E torçam para que o novo livro fique pronto rápido!!!!

    E sim, esse livro vai ter "muita putaria"!!!! Acho que, por isso, fiz o post abaixo semana passada!!!! ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h06





    Contra a PUTARIA!?!?

    Não entendo como esses gays criticam tanto a putaria, promiscuidade ou sei lá o que chamar de toda essa "pegação". Sou do tipo que acredita que seja gay ou hetero, usando camisinha, se cuidando, tem mais é que trepar mesmo, criar vinculos, amar, beijar muito na boca, etc. Desde que não prejudique a si e os outros, tudo é valido!!! Mesmo porque, como eu vivia dizendo quando eu estava solteiro: "Se eu beijar mais de 400 em uma noite, estarei apenas exercendo minha liberdade de, no meio destas 400 pessoas, encontrar o grande amor da minha vida. E ninguém tem nada a ver com isso!". E encontrei!!!! Alias, graças ao meu lema, nunca fiquei solteiro ou sozinho por muito tempo...

    Então galera, se o boy quer só curtir, quer só sexo, vai fundo!!!! Aproveita o momento!!!! Na cama, na putaria, ou sei lá onde vocês quiserem, também começam muitos relacionamentos. Agora, ficar parado em casa, esperando o principe encantado não rola não. Sem falar que você corre o risco de virar um sapo, grande e feio...

    É isso. Boa semana a todos!!!! To empolgado com o novo romance gay... escrevendo a todo vapor.... e muito feliz por isso!!! :-)

    E, se você quiser ganhar um exemplar do meu outro livro autografado, entra no link (comunidade do Orkut) abaixo e responde a pergunta... a mais criativa, leva!!!!
    http://www.orkut.com/CommMsgs.aspx?cmm=169074


    Escrito por Fabrício Viana às 15h05





    MURAL DE AMIGOS...

    Antigamente tínhamos um painel com várias fotos de amigos. Hoje em dia, graças a tecnologia, o negócio é mais virtual. Acabei de criar um Album no profile do meu Orkut e lá estou publicando fotos de todos os meus amigos e pessoas que admiro!!! Show de bola. Estou curtindo muito. Parece que me sinto mais próximo de todos...

    Sobre a inauguração da Megga Fun no final de semana, sucesso absoluto!!!! Era 1 da manhã e uma fila de carros chegando... Lugar grande e pista escura, derrepente, ligam os telões e a iluminação fica perfeita. Algumas bombadinhas hiper colocadas, mosquitinhus, afetados, bofes, minas e de tudo um pouco. Amei. O lugar tem tudo para ser um grande sucesso. Só me estressei na hora de ir embora. Não aceitavam cartões de crédito. Na verdade, aceitavam, mas o lugar que o "caixa" ficava o sinal "não chegava". Até descobrir isso, foi um extress desnecessário com o menino "burrinho" do caixa (risos). Mas ta valendo. Nem a falta de água nos banheiros, para lavar as mãos, me tirou do sério. Fui mesmo pra cutir e conhecer o lugar. E estão todos de parabéns!!! Agora só preciso conhecer a Bubu. Como já disse várias vezes, não sou muito de baladas. Mas de vez em quando, é bom. E a Megga Fun passou no "test drive"... ;-)

    Ps: sou meio perturbado, do nada, comecei a escrever um livro de ficção gay.... estou absurdamente PERPLEXO pelo meu desempenho, capacidade de criar histórias, conflitos, personagens e situações INTERESSANTES... pensei que jamais conseguiria, porém, vejo que é muito mais fácil do que escrever livros técnicos... resmindo, estou amando e acho que vou terminar antes dos outros 3 que também já comecei.... kkkkkkk... dá vontade de contar pra vocês, o nome dele, um pouco da história, dos personagens, mas não... vou me aguentar até estar tudo pronto...


    Escrito por Fabrício Viana às 15h05





    Familia é uma bosta...

    Nossa, não esperava receber tantos emails, scraps e depoimentos sobre meu post abaixo. Muito obrigado a todos. Estou publicando alguns trechos aqui, mantendo o sigilo dos autores/amigos. Valeu mesmo. Estava precisando ouvir isso e me emocionei muito com vários relatos.

    "Lembro-me de uma entrevista recente do grande psicanalista José Angelo Gaiarça, - não sei se gosta dele, devido à sua radicalidade - mas ele fala que "não há nada pior do que Família. Ao menos da forma como está estruturada". Ele diz que em mais de 50 anos de atendimento, que TODAS as pessoas que atendeu sempre tiveram queixas graves com relação à família. Se eu pensar no fato de você, como eu, ser homossexual e asumido, aí tudo complica ainda mais. Você está no caminho certo." (obs: eu amo Gaiarsa!!)

    "Achei um absurdo a postura desse seu "amigo" que nega tanto ser garoto de programa... Eu detesto coisas escondidas, mentiras, principalmente entre amigos, depois é tão desnecessário. O pior é que ele te desrespeita, por que acha que você é um cara passível de ser enganado, que você é um burro."

    "Fui no seu Blog e estou aplaudindo de pé sua decisão. Vai dar tudo certo ,ou melhor já começou a dar desde que vc tomou está decisão .Ninguem merece passar pelas coisas que vc (s) está passando ."

    "Nosssssa primo, eu percisava ler seu desabafo e fiquei impressionada com a coincidencia de estar passando a mesma coisa. Moral da historia estou indo morar em ****** região serrana do *********, nossa suas palavras parecem minhas e refletem tudo que queria dizer."

    "... tenho que concordar com vc, ñ é por que temos o msm sangue que devemos passar por certos constragimentos e problemas com eles,
    é por isso que declaro em alto e bom som ''O ******* É FILHO DE MINHA MÃE MAIS Ñ É MEU IRMÃO POR ESCOLHA PROPRIO, Ñ O CONSIDERO NEM MESMO PARENTE....e ao contrario de vc ñ desejo nada de bom, pois só tenho rancor....."

    "Familia é complicado... eu tb nao me dou mt bem com a minha... por isso que mais uma vez te apoio... pegue seu amor e seus filhotes e vá viver sua vida onde vc pode ser feliz e ter direito de ter seus proprios problemas... "

    "Apesar de não sermos tão próximos saiba que qdo precisar dar uma saida pra esfriar a cabeça naquelas horas que o clima ai pegar pode bater aqui ."

    "Vc luta, enfrenta, persiste... só que muitas vezes isso não acontece com as pessoas, principalmente com nossos familiares. "

    "Acho que vc tomou a decisão correta. Certo tempo atrás iniciei meu processo de cortar o cordão umbilical também (eu e o *****, lembra-se dele?) e deu certo! ***** e eu moramos juntos há 3 anos e mesmo a minha mãe morando no ***** e a dele em *******, chegamos num ponto de dar um basta nas intromissões e visitas constantes... Estamos freqüentando uma psicóloga há 3 anos também, não fazendo terapia de casal, mas cada um individualmente e uma das condições que ela impôs no início de nossas consultas foi, justamente, o rompimento radical (e radical meeeeesmo) com nossas famílias, pq, como vc mesmo disse em seu blog, não somos mesmo obrigados a amá-los e querê-los bem SÓ PQ SOMOS DA MESMA FAMÍLIA"

    "Relação familiar realmente é sempre complicada, mas a homoafetividade costuma ser um agravante. Também tive e tenho alguns problemas desta natureza, mas como eu moro em ******** e minha família em ****** os conflitos são bem menores. Tenha muita paciência e não abra mão de um dia obter o respeito e apoio que merece"

    "Oi gato,li seu blog,e achei muito legal você expor seus sentimentos,e jogar pra fora o que sente,quando as pessoas nos olham,acham que tudo esta bem,porque sera?.Sera por que estamos sempre sorrindo, ou fazendo cara de que tudo esta bem,pra que ninguém pergunte a você:_Oi o que foi que aconteceu? o importante é estarmos bem...e la vem eu com meu pítaco: mas tente ser menos radical, apesar dos pesares é família...não os procure, mas qdo eles os fizerem, aceite-os numa boa. faça com eles o que nunca fizeram contigo...um dia, talvez, eles percebam a merda que fizeram com vc!"

    "fui daquelas de pensar, que familia boa, seria aquela num porta -retrato, fingindo ser feliz, naquela foto tirada no natal, depois de uma briga apos o chester pessimo, e todos ali, naquela tal foto sorrindo, esbanjando amor e afetividade. Achei que a familia "fake" desta foto, seria o ideal de familia.... para se expor num quadro em lugar de destaque de casa.. e pronto. Só para parecer normal. Ate porque normal é ter familia. Normal é ama-la... normal é fazer tudo por ela. Mas ainda bem que ampliou o real significado de familia... mas um so segue no meu coracao. Familia, Fa.. mas familia messsssmo.. é aquela que escolhemos. "

    "...maninho, a vida é sua e só cabe a você decidir o que fazer com ela, pense sempre em fazer algo que é bom para você, indo atras dos seus sonhos, afastando das pessoas que, intencionalmente, tente lhe fazer algum mal."


    Escrito por Fabrício Viana às 15h05





    Ando MUITO TRISTE...

    As vezes me sinto sufocado. Por mais que eu "pense e faça" (ao contrário de muitos que apenas "pensam e nada fazem"), parece que as coisas não andam como deveriam (ou, como eu gostaria).

    Eu luto, enfrento, brigo, persisto, invisto e quando tudo começa a caminhar bem, pimba, vem algo e desmorona. A ultima delas? Briga com a família (pai, mãe e irmão). No O ARMÁRIO eu digo que os homossexuais devem "entender" suas familias, suas imperfeições, saber que eles, por mais que aceitem sua homossexualidade, usarão ela contra você algum dia. Faz parte. Porém, no mesmo livro, entre muitos exemplos, situações e dinâmicas psiquicas eu dou uma sugestão pessoal: digo que, "em ultimo caso", se não existir uma convivência pacífica com a família, vai de cada um optar por abandoná-la ou não PARA SEMPRE. Não é por que é sua família que você, obrigatoriamente, tem que "conviver", respeitar, amar, etc.

    E eu cheguei nesta fase. Cansei. Obviamente que não vou entrar em detalhes, fatos, discussões, motivos, etc (não por respeito a eles, mas por ser anti-ético e também por preservar minha intimidade). Mas entre algumas "várias" brigas e discussões (grande maioria por besteiras), eu resolvi cortar de vez o cordão umbilical. Não preciso de nenhum deles, nem das angústias que sofro (e muito) por conta disso. Sim, o post também é um desabafo! De perto, ninguém é normal e não existe família perfeita. Mas as imperfeições deles não chegam nem aos pés das minhas e isso me cansou. Acho que o único plenamente sadio ali é - modestamente - eu. Tanto que eu tenho tesão por minha vida. Trabalho (e muito!), dou duro, não uso drogas (só bomba na academia - acompanhada por médico e não pretendo ficar musculoso, só pegar um pouco de peso!)(risos), sou uma pessoa bem relacionada, já tive muitos namorados, já me casei mais de 2 vezes com homem, sou plenamente assumido, inteligente e feliz por tudo. A única coisa que estraga é a convivência com eles. E da parte deles.

    Mas tudo isso vai mudar. Alias, eu vou me mudar!! Atualmente moro próximo, o que faz com que se metam tanto na minha vida (e consequentemente na vida do Alex e dos nossos 3 yorkshires). Alias, qualquer relação com casais heterossexuais e suas respectivas famílias é mera "coincidência" (risos). O fato é que, atualmente, ando muito triste. E todas as vezes que já fiquei triste, nos ultimos anos, foi por conta deles (e apenas por conta deles!). Resumindo, minha infelicidade, desgosto, tristeza, só existe, porque eles existem na minha vida. E, definitivamente, eles não precisam existir na minha vida. Demorou pra cair a ficha. Demorou para tomar esta decisão. Mas ela finalmente veio e não tem mais volta. O mais estranho é que não tenho raiva, rancor, nada. Só quero que eles, realmente, sumam da minha vida e do meu convívio. E não estou pedindo. Estou tomando atitudes para que isso se realize. Calma, não vou matá-los. Não é pra tanto (risos). Apenas estou de mudança. Talvez provisória (alugada, nos proximos meses) e uma definitiva, no final do ano. Mas algo tem que ser feito, e eu já estou fazendo...

    Bom, é isso. Desculpem o "desabafo". Como podem ver, sou tão humano como qualquer um. Agora, mudando um pouco de assunto, um bloguista aqui do Mix, muito querido, deu a sugestão para que os recados do meu blog voltem. Pensei muito e decidi que eles não voltam não. Sabe porque? Elogios, no passado, faziam bem pro meu ego. Hoje, não faço muita questão. Comentários variados? Apesar de serem interessantes (já aprendi muitas coisas com eles), agregam valor e os que realmente querem, me mandam um e-mail. Críticas? Até hoje, em anos de blog, as poucas criticas sempre foram destrutivas e nunca construtivas (por meio de profiles falsos, obviamente). E eu também não preciso disso.

    Muitas mudanças radicais estão acontecendo na minha vida. Ótimo. Pois não só eu, mas amigos, e todas as pessoas que eu acompanhei e acompanho, durante anos, mudaram e mudam sempre. E isso faz muito bem a todos. Comigo não seria diferente. Agora vou descansar, jogar um pouco de Age of Mythology (jogo muito bom!) e amanha, finalmente, terminar de ler "O Terceiro Travesseiro". Relutei para ler (é que não gosto de livros de ficção, gays ou não). Mas to curtindo. Alias, li muitos livros nestas ultimas semanas. Quando puder, falarei sobre eles...

    Enquanto terminava este post, estava teclando com um amigo de longa data (msn do livro) e que tenho muito carinho (mas que, durante mais de 7 anos, não conversávamos). Sempre suspeitei que ele, embora tenha um bom cargo em uma boa empresa, fosse garoto de programa. A suspeita se deu pelo email "GPXX". Sigla GP (Garoto de Programa) e também porque ele, de madrugada, sempre colocou fotos mais ousadas no msn (cada um é cada um). Hoje, pesquisei o email dele no google e achei um anuncio do mesmo email. Fiquei surpreso. "Garoto de Programa, sou baixinho, forte, assim e assado". Email datado de 2006 (se dizia com 23 anos). A descrição bate. A idade também (hoje, 2008, ele está com 25). Ele negou. Passei o link da mensagem "googleada", negou, disse que não era ele, mas não deu nenhum um ar de "surpresa". Assim como da outra vez que perguntei (e ele também negou). Então, se tudo diz que ele é, e ele diz que não é, quem sou eu pra falar o contrário??? Se eu achasse isso errado, ou se eu não conhecesse outros GPs (incluindo, muitas travestis - e que eu amo de paixão), tudo bem. Mas não é o caso! Eu só esperava algo mais sincero... "já fui...", "sou sim", "desculpe, não quero falar sobre isso"... mas negar, com a mensagem que eu achei online? Ai é foda... mas enfim... novamente, cada um é cada um... eu respeito e continuo mantendo segredo... seja lá qual segredo for...


    Escrito por Fabrício Viana às 15h05





    Aniversário... já deu!!

    Porque algumas pessoas quando vão fazer aniversário em algum lugar (tipo boate gls), saem convidando todo mundo que tem no Orkut, ou até mesmo pessoalmente (sem ter muito vínculo), como se todos fossem grandes amigos e a comemoração, uma grande festa!?!?!?!?! (e no dia não aparece quase ninguem)(risos)

    Que a carapuça não sirva pra ninguém, por favor, mas eu acredito que o "romantismo" desta data já terminou faz tempo. E se continua, continua apenas com os mais chegados, os mais próximos e - de preferência - fugindo do tradicional. Um churrasco no final de semana, um jantar, um almoço, enfim, vale muito mais. Concordam?


    Escrito por Fabrício Viana às 15h04





    Megga Fun dia 29/03!!!

    Não sou muito de balada. Mas não perco a inauguração do Megga Fun por nada!!! Saca só:

    - Um MEGGA Espaço de 3000 m2, com três ambientes distintos e capacidade para 2500 pessoas;
    - Jardim externo com projeto paisagístico exclusivo;
    - Coffee shop, com serviço de café da manhã a partir das 5 h;
    - Lounge amplo com sofás espalhados e decoração sofisticada, cabine de dj e sistema de iluminação próprios;
    - MEGGA pista com estrutura de som espanhola D. A.S e design de luz assinados por Decomac, referência mundial em luz e som;
    - Projeções e iluminação arquitetural em todos os espaços, dando forma para cada ambiente;
    - 4 bares MEGGA equipados, que se iluminam de acordo com o som do dj;
    - 12 camarotes VIP, acima do nível da pista de dança e com tubos com água que mudam de cor e movimento seguindo o som da pista;
    - Banheiros amplos e confortáveis com destaque para a cascata dos mictórios;
    - Serviço de vallet especializado;
    - Responsabilidade social: Coleta seletiva de lixo para reciclagem de materiais e sistema de captação de água da chuva para utilização nos banheiros e na limpeza do local.

    Serviço Geral:


    MEGGA
    Rua Achilles Orlando Curtolo, 646, Barra Funda.

    Tel.: 3063-5519 /3617-3710

    Funcionamento: sábado a partir das 23h59
    Capacidade: 2500

    Preço: homens: R$ 35 a R$ 40 /mulher: R$ 60

    Flyers e nomes deixados em lista dão desconto
    A MEGGA aceita:

    Cartões de crédito: Visa Mastercard / Cartões de débito: Visa Electron e Redeshop
    Estacionamento: R$15
    www.meggafun.com.br


    Escrito por Fabrício Viana às 15h04





    Moscas Mortas Num Copo de Conhaque!

    Essa eu quero ver!!! Eduardo Morais de drag deve ser tudo!!!
    kkkkkkkkkkkkkk


    Após uma curta temporada em 2007 nos meses de novembro e dezembro, a peça Moscas Mortas Num Copo de Conhaque estará novamente em cartaz em São Paulo por tempo indeterminado.

    Com texto e direção de Ricardo Leitte, a peça tem no elenco quatro drags famosas, um ator e uma musicista. As drags já vem conquistando o espaço teatral em espetáculos que vão além da dublagem e o trabalho performático em casas de shows e boates, muitas dessas "estrelas" se arriscam em interpretações com textos cômicos e dramáticos.
    Dessa vez, juntaram AMANDA DI POLLY, DIMMY KIEER, DINDRY BUCK, EDUARDO MORAES e STEFANY DE BOURBON numa hilária comédia musical, sim, dessa vez elas vão cantar, acompanhadas ao vivo da musicista NADHYA FARID, enquanto interpretam cinco mulheres que, comicamente deprimidas, vivem seus dramas femininos envoltas com copos, garrafas e histórias que vão do amor à primeira vista ao ódio por ciúmes... Virão beijos, tapas, humor negro, cumplicidade, batom e cílios postiços!

    Um cenário saudosista que lembra os cabarés franceses da década de quarenta, figurinos cuidadosamente elaborados e um show de interpretação, completam o espetáculo; por elas o público vai torcer, com elas o público vai rir, através delas o público vai se identificar.

    FICHA TÉCNICA
    Autor/Diretor - RICARDO LEITTE

    Elenco -
    AMANDA DI POLLY, DIMMY KIEER, DINDRY BUCK, EDUARDO MORAES, NADHYA FARID, STEFANY DE BOURBON

    Assessoria de imprensa - RAFAEL FERREIRA (11) 9485.6766
    e-mail: moscasmortas@bol.com.br - Foto Blog: moscasmortas.nafoto.net
    Comunidade do orkut :MOSCAS MORTAS NUM COPO DE ...

    SERVIÇO
    Reestréia - 14/02/2008 - Quinta-feira
    Horário - 21 horas
    Local - O GATO - Rua Frei Caneca, 462 - Consolação - São Paulo - Tel.
    (11) 3256.3656 - www.ogato.com.br
    Temporada - De 14/02 por tempo indeterminado - Quintas-feiras
    Valor - R$ 20,00 com flyer R$ 10,00
    80 lugares - Estacionamento conveniado


    Escrito por Fabrício Viana às 15h04





    Você conhece alguém lendo o BLOG dele?

    Francamente, como tem gente que viaja!!! Um blog é uma pequena expressão do ser humano. Muitas vezes, minúscula e insignificamente ao se comparar com sua total personalidade. Você pode ter idéias, conceitos, conhecer um pouco sobre o pensamento e outras características de alguém lendo seu blog. Mas a pessoa em si, o autor do blog, JAMAIS. A não ser que seja amigo dele. E amigo bem próximo!


    Eu, por exemplo, odeio ser "carimbado" como "exemplo" de algo ou alguma coisa (também tenho meu lado "nada exemplar", e que adoro!)(risos). Meus pensamentos e idéias podem ser pertinentes a grande comunidade gay. Mas não a todos. E nem devem ser compartilhados cegamente. Assim como, lendo blog de gente que não se conhece, deve-se evitar os "pré-conceitos". Isso pode parecer óbvio, mas muita coisa óbvia deve ser dita e "recordada", sempre que possível.

    Ps: em tempo e mudando de assunto, parabéns ao Justo Favaretto Neto, que processou um cara por chamá-lo de "viado", GANHOU, e agora esta querendo mover ações contra a mídia que usa termos perjorativos (e que os gays, com sua homofobia internalizada, acham tudo "normal")... vou virar fã desse cara!


    Escrito por Fabrício Viana às 15h04





    DEUS, Um DELÍRIO... ?!?!?!?


    Mais 100 páginas e eu termino o livro de Richard Dawkins. Estou gostando. Várias identificações e muitos risos (ele tira sarro de muitas coisas - e com razão!). Para quem é ateu, como eu, não verá tantas idéias novas (na verdade, eu esperava bem mais), entretanto, é uma EXCELENTE leitura para entender muitas coisas (fanatismo, guerras, política, etc).


    Como ele mesmo diz no início, quem não é ateu, ao término da leitura, vira ateu. Achei muita pretensão, mas tem uma coisa que eu curti bastante: ele diz que tem muito mais ateus no mundo do que religiosos, mas eles não se "mostram", e os poucos que dão a cara a tapa, são confrontados por outros ateus, pois seus pensamentos não são idênticos (lembro de uns babacas ateus que visitaram meu blog criticando meu ateismo)(risos). Enfim, ele também cita várias vezes os homossexuais e o movimento gay (e sua intensa perseguição por religiosos fanáticos). Quem puder, leia!


    Escrito por Fabrício Viana às 15h03





    Porque eu falo tanto do meu livro?

    Para quem vive se questionando, lá vai minha explicação.

    1º) Primeiro, propaganda é a alma do negócio! ;-)
    2º) Sou a única pessoa responsável por sua divulgação.
    3º) Ele só é vendido online, no link www.oarmario.com
    4º) Continua na promoção, de R$ 35,00 por R$ 25,00.
    5º) Conquistou um grande público (não só o GLS).
    6º) Recebo muitos elogios por e-mail. Nestes 2 anos, apenas 2 deles foram de críticas construtivas.
    7º) Graças a boa aceitação do O ARMÁRIO, estou escrevendo outros (um sobre mulheres e outro sobre orgasmo)
    8º) É praticamente um filho. Tenho muito orgulho e carinho por todo o trabalho que tive (e ainda tenho) em cima dele.
    9º) Embora meu post abaixo, muita gente me para em baladas para comentar, verdadeiramente, sobre ele.
    10º) Tenho consciência que ele não é perfeito, mas é uma valiosa fonte de informações para quem esta dentro do armário, tem conflitos, neuroses ou quer entender um pouco mais sobre as dinâmicas psiquicas que envolvem a homossexualidade. Resumindo, minha formação em psicologia o torna um livro bem diferenciado. Mesmo porque, convenhamos, muitos psicólogos formados nada entendem de sexualidade humana (menos ainda, da homossexualidade).

    Bom, acho que é isso.


    Escrito por Fabrício Viana às 15h03





    SOBRE AS GAYS TRUQUEIRAS...

    Este exemplo é um dos mais comuns:
    (meus pensamentos em itálico)

    - Oi Fabrício. Seu livro é muito bom. Li e adorei!
    - Sério, que bom!! Que parte você mais gostou?
    (confirme que você leu mesmo!)
    - Aquela parte que você fala da sua vida!
    (resposta muito genérica!)
    - Claro, eu prefiro mais a outra, que falo de psicologia, história, ciência, conflitos, etc. Mas que parte da minha vida, especificamente, você gostou? Que você lembra?
    - Todas, gostei de todas!
    (
    resposta genérica de novo! além da expressão de vazio no rosto!)
    - Mas não tem nenhuma situação, ou algo que relatei, que tenha chamado a atenção?
    - Seu livro é muito bom, do início ao fim!!!
    - Obrigado!!!
    (este com certeza não leu!)

    Outra situação, bastante estranha:

    Depois de ter sido apresentando a um jovem bissexual como escritor, por um amigo meu...

    - Cara eu li seu livro mas não gostei!!!
    - Você tem todo o direito, mesmo porque ele não é perfeito, embora ajude muita gente!! Mas, qual parte você não gostou???
    (vamos confirmar se ele leu e melhor, saber no que eu posso melhorar!)
    - Seu livro é aquele tal de Armário, saindo do Armário né?
    (Saindo do Armário? Será que ele leu mesmo?)
    - Não, o nome dele é O ARMÁRIO.
    (achei estranho, pois todos os livros que eu li e que não gostei, me lembro perfeitamente do título)
    - Sim, é esse mesmo! Achei ele muito comercial.
    - Realmente, ele também tem fins comerciais, não escrevi ele com a intenção de distruibir gratuitamente. Mas, qual parte você não gostou?
    - Aquela parte de sair do armário, estas coisas todas. Não gostei!!
    (que pena, mais uma resposta genérica com cara de "nada" no rosto!)


    Depois disso ele ficou se vangloriando de ter lido muitos pensadores, filosofia, arte e coisas afim. Mas não conseguiu descrever qual parte não havia gostado do meu livro (mas outros livros, durante a conversa, sim!!). Resumindo, tudo indicou que ele também não leu. Eu pelo menos lembro de cada detalhe que me fez parar a leitura de determinado livro. E também o título. Justamente para falar mal dele no futuro para alguém em alguma oportunidade.

    Enfim. Motivos que levam as pessoas a fazerem isso? No primeiro caso, muitas vezes, é quando as encontro na rua, não tenho amizade e tem gente por perto (acho que é uma tentativa de dizer "olha só, tenho um amigo que é escritor!" (como se isso fosse grande coisa!!). No segundo caso, o garoto que mora em São Paulo e fora abandonado pela família por ser gay, vive vários conflitos que ele mesmo narrou, além de uma profunda cobrança intelectual de seu pai. Acho que por isso a necessidade de tecer comentários gratuitos e destrutivos sobre meu trabalho sem ter um real conhecimento dele (assim ele fica e se mantém em um "patamar" superior).

    Mas, para quê tudo isso?

    Não obrigo ninguém a ler. Nem amigos. Muito menos a gostar... Será que esse VAZIO, essa SUPERFICIALIDADE, essa MESQUINHARIA de tentar agradar, ou reprovar, utilizando-se o relacionamento interpessoal faz parte do humano? É a parte ruim? a parte boa? Claro que na vida a gente tem que lidar com várias situações estranhas. E se fazer de bobo, ou de desentendido, em alguma delas. Mas que é esquisito e totalmente dispensável é. Por exemplo, ao me ver, se não tiver assunto, pergunte sobre meus cachorros, minha familia, saúde, amor, etc. É bemmmmm melhor....


    Escrito por Fabrício Viana às 15h03





    AMAR É...

    Recebi por e-mail, olha que fofo:


    Escrito por Fabrício Viana às 15h02





    JESUS deveria TER APANHADO MAIS???

    Que pena!! O Orkut fechou, por pressão de religiosos fervorosos, a comunidade "Jesus deveria ter apanhado mais", uma comunidade com mais de 45 mil pessoas. Eu não estava nela pois a parte "deveria ter apanhado mais" no meu ver incita violência (sobre algo ou alguém). O que não concordo. Porém, quando parei para ler os tópicos um dia destes, achei muito legal. Na verdade muitos ateistas - exercendo sua liberdade de crença - ou mesmo fakes, expressavam sua forma de não acreditar na história de Jesus Cristo. Indignados pela ideologia cristã: um homem morre na cruz para nos salvar dos pecados (que pecados?) e nós, depois de uma vida de sofrimento, CULPA e ARREPENDIMENTO, podemos ir ao paraíso APÓS A MORTE!! (porque não agora??). Cito essa ideologia, com mais detalhes, no O ARMÁRIO (e muitos gays, alienados dentro de algumas religiões, não gostam nadinha desta parte!)...

    Enfim... eu curtia a comunidade... e 45 mil pessoas é gente pra caramba!!! Mais do que as próprias comunidades ateístas (risos)... Nas comunidades do Google, achei um cara agora indigando com o fechamento da comunidade... ele disse algo parecido "Fechem a comunidade do Silas Malafaia, o cara prega ódio aos homossexuais e ninguém toma providência!". Também concordo. O Orkut é uma caixinha de surpresas...

    Aproveitando que estou falando de religião (de novo!)(risos), vou ver se escrevo um artigo até o final desta semana chamado "Religião e Homossexualismo" devido a sua grande procura. Sim, com o sufixo "ismo" e botar nos portais que sou colunista. Notei que, fazendo uma busca no google, se você procurar a palavra "homossexualidade", encontrará muitos artigos "pró-gays". Se pesquisar "homossexualismo", encontrará artigos "anti-gays" e em sites religiosos. Acho que precisamos de mais artigos com o título "homossexualismo", pró-gays e explicando, obviamente, que o termo não é mais usado... meu unico artigo sobre religião, e que faz muito sucesso (por ser polêmico) é o COMO SE DEFENDER DA BÍBLIA? Alias, quem quiser ler, o link esta no site do meu livro: http://www.oarmario.com/artigos-biblia.php


    Escrito por Fabrício Viana às 15h02





    Encerrando meus projetos na web...

    Pois é galera. TVTudo com problemas técnicos (tenho vários videos de entrevistas novas e não consigo atualizar), Campanha GLBT e Armário X sem investimento financeiro, sem cuidados técnicos ou pessoais, dificuldades seríssimas em conseguir pessoas que trabalhem voluntariamente neles, amigos pressionando atualizações, ninguem interessado em ajudar, constituir ONG, enfim. Acho que o tempo de vida deles chegou ao fim.

    Um amigo disse, mas vai fechar tudo? E quantas pessoas já foram ajudadas por eles? Quantas pessoas assistiram um video de alguma personalidade e aprenderam com seus relatos? Quantos leram um texto que os confortou no Armário X? Quantos sites já aderiram a Campanha GLBT? Enfim, tudo isso é super importante para a comunidade. Mas não dá mais para cuidar sozinho (salvo ajuda absurda de uma única pessoa, do amigo André Luiz). Se tivesse voluntários contadores, advogados, enfim, pessoas realmente interessadas em fundar ONG e continuar mantendo tudo isso, ótimo. Mas não é o caso. E eu perco um tempo precioso da minha vida preocupado com tudo isso. E as pessoas não estão nada interessadas, nem em militância e nem fazer algo para ajudar o próximo (em um ano, colocamos o sistema de doação financeira no Armário X e não recebemos 1 centavo).

    Enfim, ta na hora de dizer um basta em tudo isso. Há muito tempo falei na TVTudo que se eu criasse um site pornográfico, seria muito melhor financeiramente, já que todo mundo só pensa nisso (risos). Talvez seja uma boa. O que não pode, é continuar do jeito que está. O André Luiz recomendou criar um dominio e colocar os sites todos em um lugar só. Mas, mesmo assim, isso seria trabalho árduo de uma ou duas pessoas... É foda... todo mundo sabe que é importante, agora ajudar, fazer algo efetivamente para o próximo, ninguém. E eu cansei de tudo isso... porque não preciso ser esta pessoa... acho que, o que eu precisava fazer, um pouquinho que todo mundo deveria fazer, eu já fiz... literalmente...

    Post Editado: depois que postei ai em cima, tomei minha decisão: os projetos serão definitivamente encerrados... to bastante aliviado, estranho não? Hoje deve ser um dia de comemoração dos nossos "amigos" religiosos e homofóbicos... enfim.... minha militancia continuará, mas através do livro O ARMÁRIO (link abaixo) e palestras sobre o tema por este mundo a fora... e espero, obviamente, que outras pessoas comecem a fazer projetos semelhantes aos meus, e doarem, também, um pouco de seu tempo neles...



    Escrito por Fabrício Viana às 15h02





    Pirataria fecha 100 locadoras de video...

    No final do ano passado a Tribuna da Bahia, matéria de Lilian Machado, informou que em Salvador cerca de 100 locadoras foram fechadas motivadas pela pirataria de filmes em DVD. As pessoas param de alugar filmes e, nas ruas de Salvador, é cada vez mais facil encontrar DVDs que nem foram lançados no cinema, explica.

    Esse panorama não é muito diferente de São Paulo. No bairro em que eu moro, por exemplo, o dono de uma locadora esta desesperado tentando vender seu "negócio" a R$ 45 mil. Duvido que ele venda. No bairro vizinho, meses atrás, uma rede das maiores locadoras (que fez parte da minha infância) fechou suas portas liquidando todos os seus títulos. Fui lá com minha mãe (querendo alguns títulos) e a cena era deprimente, como pode aquele império inteiro se desfazer?

    Parece que hoje em dia não só a industria de audio sofreu com a entrada do mp3 mas a de vídeo também. Um dos meus vizinhos, por exemplo, tem uma mini locadora "própria" de DVDs piratas. Se bobear, ele tem mais filmes que a própria locadora do meu bairro. Outro vizinho, também. Outro ainda, não só tem, como copia, vende, distribui, empresta, uma verdadeira "putaria". Será este o fim das locadoras? Claro que as BlockBuster da vida não sofrerão com isso tão cedo, mesmo porque, muitos vão lá mais pelo status do que simplesmente alugar um filme. Sem falar também que, geralmente onde tem uma Block, não tem "pobreza" ou classe média pela vizinhança. Mas e o restante da população? E a periferia? E os bairros? E as cidades pequenas? Ou mesmo cidades grandes, em todo este Brasil?

    É um caso a se pensar. Outro dia, visitando comunidades no Orkut sobre compartilhamento de arquivos, vi que tem sites especializados em download de livros considerados os "mais vendidos". Todos escaneados e prontos para baixar. Claro que, diferente do DVD e de músicas, mesmo que se copie um livro no formato digital, não é nada agradável ler na frente do PC. E como baixar e imprimir gera um certo custo, muitos preferem comprar o livro em si. Mesmo assim, tudo isso é muito complicado. Lembro-me que até revistas que estão nas bancas são pirateados. Um blog, não lembro o autor, colocava a Veja inteira online, para baixar, toda semana. Quando eu entrei a primeira vez, para conferir, já tinham fechado. Um amigo dele disse que o dono estava sendo processado. Assim como muitos outros que compartilham livros, musicas, programas, filmes, etc protegido por direitos autorais na rede, sem noção alguma do crime que estão cometendo (e que podem ser punidos por isso, financeiramente). Alias, parece que a industria perdeu para a pirataria, mas conseguiu ganhar outra forma de obtenção de lucros (processando todos estes "coitados").

    Pois é, este é o nosso lamentável panorama. E parece que vai piorar (alguém tem estatística ou leu algo sobre locadoras em São Paulo?). Talvez estamos entrando em uma fase de renovação e mudança de paradigmas (hoje, um cantor, pode não vender tanto cds como venderia antes do mp3, mas pode ganhar muito dinheiro em shows pelo Brasil). O mesmo vai valer, ou deverá valer, para outras áreas. Ou não? Só nos resta esperar...


    Escrito por Fabrício Viana às 15h02





    Tayler, promoter da Tunnel, morre nesta segunda...


    Fiquei sabendo agora a noite. Nosso querido Taylor, promoter da Tunnel, se foi...
    http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=8156819710386075235

    Um cara muito querido, por muitas pessoas. Motivo, que não importa tanto, pneumonia. Enfim, to bastante chateado, e sei que amigos também. Não sei sobre velório entre outras informações. Perdi meu celular recentemente e estou sem telefone do Claudio, do Jeronimo, de ninguem. Hoje é segunda e, se não me engano, ninguem trabalha na Tunnel de segunda. Apenas durante a semana.

    Bom, é uma grande perda.... vai ficar saudade em nossos corações... Taylor, descanse em paz... meu querido... :-(

    Dia 17 agora, domingo, vai ser aniversário do Claudio na Tunnel. O Alex também vai comemorar o dele. Com certeza vai ter muito xororó e uma super homenagem ao Taylor, quem puder, compareça!!!

    Post Editado (12/01 as 01:22): Ainda não estou acreditando, no profile dele, amigos, todo mundo, muito triste. Como pode, uma pessoa em um dia estar feliz, alegre, brincando e se divertindo com todos, e hoje não existir mais. Um professor meu dizia que a gente só começa a viver, quando toma consciência que um dia irá morrer. Pena que, com o tempo, a gente esquece. Acho que, pra se viver, temos que pensar na morte, todo dia e toda hora. E aproveitar sempre cada segundo, tudo... enfim... to meio mal... faz tempo que não me sentia assim....


    Escrito por Fabrício Viana às 15h02





    E agora? Vamos pagar PECADOS?

    Carnaval pra mim é a festa da carne. Época festiva pra se liberar tudo!!! Beijar muito, transar aos montes, se enfiar em orgias, curtir o prazer no máximo de toda a festa!! Com "capinha", claro!!! Porém, "estrategicamente" depois desta liberação geral (sempre depois do Carnaval), vem a Páscoa. A época de morte e nascimento, de renovação, apego aos conceitos cristãos e toda aquele imenso sentimento de culpa por ser NATURALMENTE um "pecador" (e na maioria dos casos, um pobre coitado!!)...

    Essa é a parte da ideologia cristã que eu não gosto. Ela acaba com toda a festa da carne e pior, é motivo de vários problemas psicosexuais embutido no inconsciente de pessoas ou até casais heteros, gays ou bissexuais. Quem estuda muito a sexualidade e conhece vários casos reais, sabe exatamente do que eu estou falando. O caso é gravíssimo. Mas, como não podemos mudar a massa e nem "melhorar" alguns conceitos existentes em determinadas religiões, só nos resta uma coisa: abrir os olhos de alguns. Não impor nossa visão, mas mostrar o que pensamos e deixá-las escolher de qual lado ficar...

    Então, se você está se sentindo culpado por ter feito muito sexo neste carnaval, assista este vídeo que achei no Youtube e que fala sobre Deus e religiões. Para quem não sabe, sou ateu de carteirinha (e até certo ponto militante também do ateísmo) e virei fã de carteirinha deste cara. Ele fala muito do que eu penso. Não só nestes vídeos, mas em vários outros encontrado no Youtube.

    Fala sério. Esse cara (George Carlin) é muito bom!!!! Quer ver ele falar sobre os 10 mandamentos???? Olha só:

    Espero que curtam. E ao inves de pensarem em pagar "tais pecados", cometam mais, muito mais!!!! Sexo é bom, faz bem pra saúde e quanto mais, melhor!!!! Ops, se você não fez nada neste carnaval, tá esperando o que pra fazer?? Chama o vizinho, a vizinha, o marido, a esposa, o amigo, a amiga, o amante, enfim, corra!!! Faça de conta que Carnaval é o ano inteiro... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h01





    Já era meu celular....

    Putz, nunca tive tesão por celulares. Esse ai (K550) filmava, tirava foto de 2MegaPixels, rádio, mp3, lia PDF, documentos do word, excel, tinha o jogo do Sonic, Principe da Pérsia, Mario Bross, R-Type, e vários outros... enfim... perdi ele ontem, a caminho da Tunnel. Ao ligar pra ele, o típico sem sinal. Aquele que diz: já era mané, tiraram o chip e já devem estar usando!!!! Resumindo: não quero mais celular, vou ver se consigo viver sem... não presto pra ter estas coisas, vivo esquecendo tudo... minha mãe ja dizia o que o marido vive me dizendo: você só não esquece o pinto porque tá grudado... kkkkkkkkkk é rir pra não chorar... Bom carnaval a todos!

    Post editado: liguei na operadora, disseram pra fazer um B.O. com os dados do IMEI (unico de cada celular) que eles bloqueavam o chip e também o aparelho (não permitindo a utilização nem com outro chip de outra operadora)... bacana isso... porém, o "brinquedinho" faz tantas coisas que utilizar ele como celular é um mero detalhe... quem pegou, nem vai se importar tanto... mas me senti melhor assim... tipo: fudi com quem me fudeu... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 15h01





    Academia: vale a pena tomar bomba??

    Já leram? Além do Anabolismo? De Waldemar Marques Guimaraes Neto?

    Pois é. Estou lendo livros sobre cães, orgasmo, musculação, yorkshire, tudo junto, um pouco de cada. Sou de fases. Algumas eu leio muito, outras nem textos na Internet. Atualmente, o que mais tenho lido é este ai em cima. Interessante notar que, embora esteja curtindo a musculação, academia, etc, eu não entendo bulufas de Trícipes, Bícipes e tantos nomes "técnicos" amplamente usados dentro de uma academia. Quando se fala em tomar bomba, putz, alguns se assutam, outros repreendem mas no "submundo", parece que todo mundo "toma", já tomou ou irá tomar algo. Mas nada é ensinado, explicado ou conversado claramente sobre isso. E este livro é a "solução" que faltava aos nerds, como eu, para entender o universo metabólico, incluindo o anabolismo (ganho) e o catabolismo (perda).

    Estou aprendendo muitas coisas sobre Durateston, Deca e outras drogas oleosas ou não. Além de produção de hormônios, testosterona, risco do excesso se transformar em projesterona (feminino) e outras coisas muito legais. O autor, aparentemente, comenta casos do seu dia-dia. Ensinamentos nada científicos mas que, se formos analisar, valém muito mais do que qualquer faculdade do ramo.

    Quanto a mim, não sei se irei tomar bomba algum dia. Estou lutando para construir os músculos 100% baseados em proteína (só de suplementos, vai uma nota preta todos os meses!). Mas já pensei em tomar pelo menos um ciclo de Durateston, só pra agilizar o inicio do processo. Se vou fazer ou não, não sei. Ainda estou na metade da leitura deste livro. E quando terminar, vou comprar outros do mesmo autor. Gostei do cara!


    Escrito por Fabrício Viana às 15h01





    FÉRIAS... FINALMENTE...

    Aew galerinha do mal!!! kkkkkkk... voltei a ficar animado... as coisas melhoraram muito... novas idéias, novas coisas pipokando... e a melhor de todas: FÉRIAS...

    Vou tirar um tempão pra descansar, claro!!!! E também... já que vou ter mais tempo, vou aumentar a publicidade e a divulgação do meu livro, além de terminar o segundo e o terceiro... putz, será que vou conseguir descansar mesmo??? kkkkkkkkkkk Bom, pelo menos vou tentar...

    Pra começar o "descanso", acabei de fazer um banner para o site do O ARMÁRIO... vou colocar nos meus outros projetos... Alias, tem muita gente comprando, muita gente lendo, emprestando, comentando, me mandando emails enormes sobre ele... nossa, só tenho a agradecer mesmo... só quem escreve, seja em blog, livros, revistas, etc, sabe o quanto é gratificante receber bons elogios...

    E ai, o banner ficou bom??? Ok, ok, ok. Vou tentar descansar. Saúde em primeiro lugar. Tanto que, agora mesmo, to me trocando e indo pra academia... ficar belíssimo!!!! Ou tentar... kkkkkkkk... bjs a todos!!!


    Escrito por Fabrício Viana às 15h01





    Viver segundo a Biblia? Nos dias de hoje?

    Edição de janeiro/2008 da Revista Galileu. Se eles seguiram a risca tudo, devem ter matado muita gente que trabalha aos sábados!!! kkkkkkkkkk


    Escrito por Fabrício Viana às 14h58





    Arte escrota, tesuda, grosseira... ADORO!!!

    Não sei se já comentei aqui, mas sou fã dos cartoons estilo Tom Of Finland. Acho eles escrotos, grosseiros, tesudos e pra lá de másculos. Um carinha que conheci em Campina Grande, Paraíba, quando estive lá palestrando, me falou que ele colecionava tudo quanto é desenho do Tom (ou estilo) que encontrava na net. Vou começar a colecionar também. Se alguém tiver, pode mandar pro meu email. Quem não conhece, procura "Tom of Finland" no google (como imagem) que vai achar algumas coisas. Tem muito desenho ÓTIMO, principalmente os pornográficos!!!! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h58





    As Donzelas de Itararé...

    Foto que tirei em 31/12/2007 em Itararé (São Vicente). Bati o olho e lembrei de um trecho do meu livro, onde eu falo sobre o machismo. Por exemplo, na crise de identidade do masculino, o macho nega e reprime seu feminino interno o ano inteiro (ele aprendeu a fazer isso desde pequeno). A negação e repressão é tão grande que no final do ano ou em outras épocas festivas, como no carnaval, muitos homens "brincam" de se vestir de mulher. Uma atitude de "soltar" o feminino interno tão reprimido e massacrado violentamente dentro do comportamento machista. É como se eles precisassem extravassar (soltar) tudo isso. Algo que não ocorre com as mulheres, ou alguém ja viu mulheres se vestindo de homens nestas festas? Elas não o fazem, pois não precisam fazer isso (análise psicossocial).

    Lembrando que esta análise não é EXCLUSIVA das Donzelas de Itararé ou outro grupo lúdico (os caras saem só pra zoar mesmo). Quem quiser ler mais a respeito, machismo, energia feminina e masculina, abra a página 113 do meu livro O ARMÁRIO (www.oarmario.com) que cada dia encontra mais e mais leitores!! E para as "Donzelas", meu recado: continuem firmes e fortes!!! Li em um site que o bloco existe há mais de 27 anos e conta com mais de 300 participantes, trio elétrico e apoio da prefeitura. Enquanto todos estiverem se divertindo em harmonia, a vida é sempre uma festa. Uma grande festa.

    Como este é meu primeiro post de 2008, fica aqui meu desejo de um ano maravilhoso para todos vocês!! Sucesso, Saúde e Felicidade, para todos nós!!! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h57





    Second Life, cadê MEU PINTO?

    Como alguns sabem estou me aprofundando, cada dia mais, no estudo da sexualidade humana. Mas com foco sempre na subjetividade. Naquilo que não está explícito, mas escondido, camuflado, passando mensagens "subliminares" (não intensionais) a todos nós sobre o sexo e em várias fases da vida.

    Nestes estudos, um dos livros do Gaiarsa me chamou a atenção, ele inicia falando do quanto foi traumático para ele notar que, desde pequeno em sua família, e até em suas observações mais simples em programas de TV, ele jamais tinha visto ou ouvido falar de um PINTO (pênis). É como se este órgão simplesmente não existisse. Pois ninguém fala dele, ninguém mostra ele, ninguém comenta nada sobre.

    Refletindo sobre isso, lembrei que a maioria das bonecas das crianças, a parte dos órgãos genitais é LISA. Não existe. E isso no meu conceito é grave. Não acredito que um órgão que faz parte do corpo humano, em uma boneca, irá erotizar uma criança ou torná-la pervertida futuramente. Alias, só vejo vantagens, principalmente na integração interna da criança, sobre todos os seus orgãos corporais, que deveriam estar presentes também em uma boneca.

    Continuando com minhas observações, quando eu instalei o Second Life para testar, a primeira coisa que eu fiz foi remover toda a minha roupa para ver se o tamanho do meu pinto condizia com o pinto real (risos). E pasmem, eu não tinha pinto dentro do Second Life, era tudo LISO também. Fiquei surpreso. Achei aquilo uma grande agressividade ao meu corpo. Como eu posso ter uma segunda vida, uma vida virtual, se eu não consigo me ver naquele personagem? Não tenho identificação nenhuma com ele? Me falta algo? E algo absurdamente importante em minha vida? (risos).

    Tanto que, um dos pontos fundamentais quando falamos em sexo, é também falar do nosso corpo. Corpo que é ignorado em partes (exemplos acima) e também em sua totalidade (no dia-dia, as pessoas só se conhecem do pescoço pra cima - fazendo com que elas mesmas, passem a ignorar o restante nos outros e em si próprias). Enfim, o assunto é pano pra manga. Não tenho nada contra o Second Life, mas eu só volto a entrar naquele mundo virtual, no dia que "devolverem" meu pinto... ;-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h57





    Eta homem bão!!!

    Tava pensando. Quantas homens, que não são assumidos ou que dividem o computador em casa com a família, adorariam colocar um papel de parede deste tipo e não podem?? Tá vendo?? Conquistar a independência, se assumir, sair do armário, tem várias "pequenas" vantagens... uma delas é a liberdade de colocar o que você quiser como papel de parede...

    O papel da nossa casa, atualmente, é esse ai... Gostaram? :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h57





    Os prazeres do SEXO ANAL... :-)

    Ser militante é bom (as vezes). Ontem estava vendo meu profile do YOUTUBE, dos meus 103 videos publicados la até o momento, o vídeo mais assistido é a entrevista com o médico proctologista Paulo Branco sobre SEXO ANAL.

    http://www.youtube.com/watch?v=FXXHI554xwA

    São 45,396 visualizações. E o vídeo foi "favoritado" 67 vezes. Além de ter link em vários outros sites, portais e blogs. Que bacana. Acho que o video em si, apesar da precariedade da gravação, amadorismo, etc (e que sempre reconheci), ele cumpre uma função excelente quando se trata de EDUCAÇÃO SEXUAL.

    Se tudo der certo, e vai, quero produzir mais vídeos semelhantes em 2008. Tenho muito orgulho deste, e de outros que já produzi. Afinal, pensem comigo, 45 mil pessoas assistindo, é gente pra caramba!!! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h57





    Intelectuais absurdamente CHATOS... :-(

    Fala sério. Não tem nada mais horrivel do que palestrar ao lado, ou assistir uma palestra, de alguém absurdamente intectualizado mas sem dinamismo. Ou em outras palavras, alguém desinteressante, cansativo e desestimulante. Fico pensando, do que serve inúmeros diplomas se você não sabe ser - NO MÍNIMO - interessante? Se não sabe passar conhecimentos que valem apena naquele breve momento? E para aquelas pessoas? Dentro da realidade delas?

    Acho que tenho um sério problema com intelectuais chatos. Principalmente aqueles que seguem carreira acadêmica. Parece que todo o conhecimento fica preso "lá dentro", não sai, não vive, não é dinâmico, não ajuda quem realmente precisa. Sem falar que a linguagem é outra, o idioma é o tradicional psicologuês, estatistiquês, economês, e por ai vai indo...

    Para a infelicidade da nação, isso não acontece só comigo. Quem nunca assistiu uma palestra que deu um puta sono? Ou uma vontade enorme de sair e se retirar? Lembro de uma vez, onde eu também era palestrante, que eu fiz questão de contar quantas pessoas estavam "quase dormindo" na palestra de uma colega (ela falando e eu contando)(risos). Pior, eu até tentei acompanhar, JURO QUE TENTEI. Mas ela começava um assunto, ia para outro nada a ver e ao invés de retornar, mudava para outro, mais nada a ver ainda (e obviamente, menos interessante). Quando ela terminou, perguntei para mim mesmo, o que ela disse? O que ela tentou dizer? Como ela foi escolhida pra vir até aqui? Será que o doutorado dela é tão interessante assim? Mas para que serve? Se ela não sabe transmitir tudo o que estudou?


    Escrito por Fabrício Viana às 14h57





    Profile no Orkut? Só para amigos...

    Meu Orkut chegou no terceiro profile (o primeiro com mais de 2 mil pessoas!!). O foda, além de administrar e deletar vários SPANS, é que algumas pessoas - que nunca vi na vida - me encontravam na balada e falavam "Prazer, sou seu amigo lá no Orkut" (depois nunca mais eu via). No início é bacana. Mas depois de um tempo você pensa: pra que isso? Estou cadastrando pessoas? Selecionando as mais bonitas para ter no profile? No que isso é bom? Ou ruim? Enfim, demorou pra cair a ficha, mas caiu. O que eu fiz? DELETEI OS TRES PROFILES (o último hoje). E criei outro, só para amigos. E como eu já conheci muuuuuuita gente por ai, na noite ou em empresas que já trabalhei, digo que muita gente vai ficar de fora deste. Vou dar preferência para aqueles que convivo diariamente, ou personalidades no qual respeito seus trabalhos e que também me conhecem.

    Então, quem não é meu amigo, nem adianta entrar. Se gosta de mim, me conhece, gosta dos meus trabalhos, le meu blog aqui no mix todo dia (risos), e quiser ter um vínculo, entra na comunidade EU CONHEÇO FABRICIO VIANA. Vai ser um prazer. Aproveita e responde a enquete (ou as enquetes) que vou começar a colocar la. O link da comunidade é:
    http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=1807168

    De resto, foi bacana. Fiquei triste por ter que deixar de lado tantas beldades, homens lindíssimos, fora do meu orkut. Mas fazer o que? Se eu ainda fosse uma agência de modelos, tudo bem. Mas sou só um "qualquer" neste imenso mundão. E como um qualquer, quero ter apenas as pessoas que mais IMPORTAM ao meu lado. E eu estou amando tudo isso.

    Claro que novas serão bem vindas, mas só vou adicionar no Orkut depois de uma boa convivência (não virtual - claro)... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h56





    Natasha Racha e Fatima Fast Food

    Fala sério. Eu pago o maior pau pra estas duas. Lembra que postei algo sobre talentos raros na noite gay de sampa? Olha ai mais dois exemplos!!! Neste video, com toda a criatividade que compete as duas, baseado inclusive na simplicidade, ludicidade e diversão, elas estão dublando a música Party People que eu amo (e quase todos os gays também)(risos). Parabéns meninas, sou um eterno fã das duas. Sucesso sempre!!!

    Link para assistir o vídeo no Youtube:
    http://br.youtube.com/watch?v=MNcN2hLdCzM

    :-)

    Outra coisa: ontem saindo do lançamento da Marli Porto, eu e um amigo fomos assaltados na São João, do lado da Vieira de Carvalho... três caras, um armado (apotando o revolver pra mim - na hora percebi que não era de verdade - era muito pequeno - risos), mandando a gente ficar quieto e parado... com eu vi que dava pra correr, corri... e me safei... mas eles encarnaram no meu amigo... pediram o celular, o celular dele era antigo, e não roubaram nada... detalhe, rua lotada, muita gente vendo (pra variar) e nenhum policial... tomem cuidado...


    Escrito por Fabrício Viana às 14h56





    Livro Homo de uma Hetero - Marli Porto

    Muito show de bola: uma mãe, heterossexual, com três filhos, resolve escrever seu primeiro livro e, justamente neste primeiro, fala sobre uma história de amor entre um jovem e um TRAFICANTE de São Paulo.

    Sim, um relacionamento HOMOSSEXUAL. Além disso, ela participa e ajuda no Projeto Purpurina e esta sempre atenta ao universo gay. Essa é a Marli Porto, autora do livro UMA LUZ PARA DAVI, produzido também de forma independente (ela recebeu patrocínio para publicação de seu livro - de tão bom e interessante que é). Pois bem, vou parar de falar, e dar o recado. Hoje a noite, a partir das 18h, tem re-lançamento do livro dela na livraria que fica ali na Vieira de Caravalho. Quem puder ir e prestigiar o trabalho dela, será bem vindo. Todos que leram, amaram. E eu, é claro, estou apoiando e sempre irei apoiar iniciativas como esta...

    Tanto que já gravei um video-entrevista com ela para a TVTUDO.com e estou só esperando arrumarem o FTP do MixBrasil (alias, tenho muitos videos novos pra subir, mas ta tudo parado porque estou esperando regularizarem a parte técnica da TVTudo). Mas assim que arrumarem, vou subir e vocês poderão assistir e conhecer mais essa escritora que PROMETE muitas outras obras.

    Quem participa do Orkut, e quiser dar uma força pro livro dela, criei uma comunidade hoje, o link é:
    http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=42631129

    E o site dela, é:
    www.marliporto.com

    Bom, é isso. Pretendo dar um pulo la bem rapido, por volta das 18h mesmo. Entre a academia e meu serviço. Quero tirar fotos e dar outro abraço bem apertado... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h56





    Academia, terapia, sinergia... :-)

    Eu na academia, foto tirada ontem. Detalhe: não estou gordo (como me chamaram dias atrás)(risos), só tenho gordura localizada na barriga segundo meu instrutor (adoro ele)(risos). Mesmo porque, meu biotipo é "magro", com o tempo, vou ganhando massa muscular e ficando um magrinho fortinho. Exatamente do jeito que eu gosto. E o Alex também começou a malhar. Não na mesma academia. Segundo nosso entendimento, malhar também é uma especie de terapia, onde nos desligamos de tudo e todos, naqueles poucos minutos. E malhando juntos, levaríamos conversas que já temos dentro de casa (e preocupações) para esta "hora sagrada". Pode parecer besteira. Mas eu e ele temos uma sintonia muito boa, inclusive para coisas deste tipo. Outro dia estava pensando, até financeiramente a gente se dá super bem. Tudo o que eu ganho, e ele ganha, é uma coisa só. E juntos, decidimos o que comprar, o que poupar, o que fazer daqui pra frente. Enfim, minha vida não é perfeita como gostaria, e acredito que muitas vidas de muitas pessoas, também não o são. Mas que eu a amo, amo e muuuito! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h56





    Orgamos, Orgamos e mais Orgamos!!!

    Estou me aprofundando, cada vez mais, em todas as "possibilidades" existentes de prolongação do prazer, inclusive o Tantra. De gozar com intensidade, com qualidade, com energia, com o corpo todo... um gozo com a potência de provocar um relaxamento corporal intenso e duradouro por vários dias.

    Tudo isso por causa do meu segundo livro. Sobre a Potência Orgástica. Claro que eu já tenho muito conteúdo e bagagem. Ao mesmo tempo, parece que tenho que estudar muito e muitas outras coisas para "complementar" o que quero dizer a respeito. Sem falar na parte prática de tudo isso. Mas essa é outra história... Alex que se prepare (risos bem sacanas) :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h56





    Minhas impressões sobre o Projeto Purpurina...

    Faz tempo que a Edith Modeto me convida mas nem sempre consigo ir devido a agenda. Mas neste consegui. Embora tenha sido diferente dos outros, pois este foi mais voltado pra "festa de ultimo encontro de 2007", as impressões que eu tive foram EXCELENTES!!! Sério. Percebi que a Edith tem uma garra, uma força, um amor tão grande por todos ali dentro (incluindo adultos) que é de ficar pasmo com tanto carinho e dedicação.

    O que mais me impressiona é que ela acaba sendo a "maezona" de todos os gays, lésbicas, "indecisos" e por que não heteros, que frequentam o local. Mas não uma mãe "doida", apegada de mais, nada disso. Ela consegue ser mãe mas, ao mesmo tempo, consegue preservar sua postura profissional com sutileza e maestria. ALGO QUE CONSIDEREI PERFEITO.

    Outra coisa que me chamou atenção no encontro foi que os próprios meninos e meninas (e até mesmo alguns pais), ajudam na organização. Neste ultimo um cuidou da luz, outro do som, outro dos shows e por ai vai indo. Como um grupo "auto-regulador". Sem falar na ajuda de amigos, como a Marli Porto (ops, o livro dela será lançado nesta sexta-feira, ali na Vieira de Carvalho, mais info no post abaixo!!) e Thiago Quintana (também bloguista do Mix - Thiago, foi um prazer te conhecer pessoalmente, finalmente!!)... :-)

    Enfim, não dá pra falar tudo que gostaria. Só um resumão mesmo. A participação do Léo Aquilla, como sempre, foi com um brilho a parte. Além de talento com shows, é um cara extremamente inteligente e com cabeça de militante. Falou muitas coisas boas e que arrancou arrepios até do Alex. Sem falar em seu show. Eu estava até pensando, não importa a roupa, não importa a música, quem vê o show do Léo, percebe em seu olhar que ele incorpora 100% seu personagem durante a apresentação. Um talento realmente incrível (embora tenhamos outros grandes exemplos, falta muito disso na noite gay).

    Falando em artista, outra grande e com muito talento mas que eu não conhecia, foi a Tata Alves. Caracoles, que voz é essa? Sem falar na música que ela cantou, olhando sempre para sua namorada com olhos brilhando de felicidade. No final, até fui conversar com ela, gostaria de criar um video clipe de uma de suas músicas. Mas cheguei tarde pois um grupo já o criou. Bobagem, a menina tem muito talento. E eu torço para que ela faça muito sucesso pois merece mesmo!!! :-)

    Mas é isso pessoal. Vou ficar por aqui. A Tunnel ontem também estava excelente e a Drag que ganhou, estava 10. Se bem que eu achei injusto, as 3 deveriam ter ganho. Mas concurso é concurso, não falo mais nada (risos). Só desejo boa sorte para todas e para a grande vencedora (grande mesmo, foi uma Drag que foje dos padrões "draguistas" - e isso eu achei o máximo!!!). Bjs para todos e um excelente início de semana!!! :-)

    Ops, e em 2008, quem puder, PARTICIPE do Projeto Purpurina. Se tiver indeciso ou indecisa, de ir ou não ir, simplesmente VÁ. Oportunidades como esta não devem ser deixadas de lado... Nunca... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h56





    Drag Tunnel, Purpurina e Marli Porto

    Neste domingão tem o final do concurso Drag Tunnel. Quem será a Drag Tunnel 2008?

    Mais info no site www.tunnel.com.br :-)

    E também, neste domingão, tem Projeto Purpurina ESPECIAL. Da super Edith Modesto e cia... Ual...

    Mais info no site www.gph.org.br

    E não para por ai, dia 07 tem o lançamento do livro UMA LUZ PARA DAVI, da super amiga (hetero)(risos) MARLI PORTO. Vamos la prestigiar o trabalho dela, em ter escrito um livro com temática gay (resumindo, é a história de um cara, Davi, que tem envolvimento com um traficante em sampa!! ualll)..

    Mais info no site www.marliporto.com


    Escrito por Fabrício Viana às 14h55





    Gay pode ficar com mulher??

    Meu vizinho, gay, começou a se relacionar com a recepcionista de um escritório de advogacia. Desesperado e confuso, me perguntou se isso era possível. A resposta? Claro que sim! Perdi as contas de quantas histórias e até casos que acompanhei, de gays que beijam ou transam com mulheres de vez em quando. Assim como tem homens casados com mulheres, que transam outros homens de vez em quando, existe a situação contrária. E NÃO TEM NADA DE ERRADO NISSO. Não é porque um gay, ficando com uma mulher de vez em quando, deixará de ser gay. Ou um hetero, ficando com homens de vez em quando, deixará de ser hetero. Dependendo da frequencia, podemos considerar ai no mínimo uma bissexualidade.

    Porém, a idéia de que somos gays e iremos morrer gays, 100%. Ou que somos heteros e iremos morrer heteros, 100%, é absurdamente errada. As classificações homo, hetero, bi, etc são apenas classificações. Mas a SEXUALIDADE HUMANA, não tem como ser classificada. Ela é uma só. Com cito no O ARMÁRIO, e fiz questão de abordar também este tema, A SEXUALIDADE É PASSÍVEL DE MUDANÇA DO OBJETO EXTERNO. Posso ter tesão por alguem do mesmo sexo, em determinado momento, por alguém do sexo oposto, depois voltar a ter do mesmo sexo. Ou permanecer a minha vida inteira apenas com uma orientação. Enfim, tudo é possivel (lembrei agora de uma amiga, que esta casada com um gay - que conheceu na Tunnel - e os dois, juntos, tiveram um filho no mês passado).

    Lembrei ainda de um garoto de 16 anos (também falo no livro) que, ao perguntarem para ele "qual sua orientação sexual", ele respondeu brilhantemente: NÃO TENHO, FICO COM QUEM TENHO VONTADE!!! Pois é, a vida é assim. Vamos acordar pra diversidade. E quebrar preconceitos, paradigmas e esteriótipos. A sexualidade foi, é e sempre será UMA SÓ.


    Escrito por Fabrício Viana às 14h55





    Maratona nas Bibliotecas...

    Nesta segunda-feira começo minha maratona pelas várias Bibliotecas de São Paulo. Objetivo? Relembrar meus estudos em psicologia sobre o ORGASMO e buscar curiosidades, dicas e mais informações sobre Pulsação, Orgônio, Chakras, Ioga, Tantra, Corpo, Bioenergia, Gozo, Sexo, Orgias, etc. Tudo voltado ao meu segundo livro (sobre POTENCIA ORGÁSTICA).

    Isso significa que, nos proximos longos meses, meu grande foco será a MALHAÇÃO na academia e o término do meu segundo livro. Vou ter que estudar e malhar muito. Mas, feliz da vida, assim como eu estou me setindo agora. Parece que vou explodir de tanta energia positiva que sinto... Alguém ja teve esta sensação? Euforia mesmo?


    Escrito por Fabrício Viana às 14h55





    Estou amando a nova academia..

    Sem comentários. Maquinas novas, ambiente agradável, aberta 24 horas (inclusive final de semana e feriados), sauna a vapor quarta e sábado, professores, treinamento pesado e sério. Sem falar na frequencia gay e na compania do meu vizinho que malha lá (alias, indicação dele). Acho que o resultado virá mais rápido do que eu imagino. Assim espero....

    Estou entrando em uma nova fase. 100% voltada ao corpo. Intelecto? Esse já esta mais do que malhado!!! :-)

    Outra novidade, parei de usar cueca. To me sentindo mais leve, solto... enfim, várias "retardatisses", mas estou amando tudo isso... só tenho que tomar cuidado ao usar moleton... kkkkkkkk


    Escrito por Fabrício Viana às 14h55





    16/11/2007 - 4 anos de casamento... bati meu recorde! :-)


    (Alex e Eu - Foto em Fortaleza/CE - 07/2007)

    Pois é, hoje completamos 4 anos de relacionamento. Nos ultimos meses, quem percebeu, notou que eu parei de falar do Alex, removi foto nossas do orkut e blog (se bobear depois eu volto aqui e deleto este post! kkkk) justamente para impedir (ou tentar impedir) pessoas abelhudas e futriqueiras (além de fofoqueiras) interessadas em (destruir) nosso relacionamento. Mas estamos super bem. Temos duas yorkshires lindinhas e vamos firmes e fortes para o 5º ano. Será que chegamos lá? Bom, eu espero que sim. 5º, 6º, 7º, 8º e assim por diante. Então, PARABÉNS PRA GENTE. Afinal, um REALMENTE merece O OUTRO... e, fala sério? Não são lindos??


    Escrito por Fabrício Viana às 14h54





    Acessórios Arco-Íris...

    Sábado meu livro começou a ser vendido na loja ACESSÓRIOS ARCO-ÍRIS ali no Centro (proximo do Largo do Arouche/Metro República), valor R$ 30,00, ela fica na Rua Vitória, 833 - Fone (11) 3337-3768.

    Vai ser o UNICO lugar físico de vendas (segundo o pessoal da loja, muitos passam lá perguntando do meu livro). Porque só lá? Bem, pra quem não sabe, pra mim - autor independente e com o atual valor - não compensa vender em livrarias pois 40% é deles (por padrão de contratos), então eu prefiro só pela Internet mesmo (seria interessante em livrarias, caso eu subisse o valor dele para a faixa dos R$ 40 ou R$ 50, mas ai prejudicaria o "bolso do brasileiro", eu também sou "brasileiro" e sei que um livro nessa faixa é considerado "caro", mesmo sabendo que muitos outros títulos GLS estão nesta faixa).

    Para comprar pela Internet, R$ 25,00 (+R$ 5,00 de despesas de envio), o link continua o mesmo, basta seguir as instruções da página (e eu ainda mando autografado, só deixar um comentário dentro do pedido/formulário que o Alex me passa!)(risos):


    http://www.oarmario.com/pedidos/pedido.php

    Bom, é isso. Hoje pretendo mudar de academia, vou malhar em uma de "primeiro mundo", é um pouco mais cara (ou muuuito cara, como amigos me disseram) e também é longe de casa, mas é 1000 vezes melhor do que a atual. Adoraria dar o endereço (fica próxima da Paulista), mas por questões de segurança, eu prefiro encontrar os leitores do meu blog no chuveiro masculino mesmo!!! kkkkkkkk... tenho que rir um pouco né? :-)

    --------------------------
    Parte do Post Editada em 13/11
    Inclusão do video do ArrasaBi.com.br

    Obrigado Junior e Alexandre. Fiquei tristinho porque muitos outros amigos queridos, não foram. Mas a noite em si, inclusive vendo pelo vídeo, foi excelente!! Sai de lá as 9 da manhã... O Alex disse que eu reclamo de barriga cheia... sim, sou dramático mesmo... kkkkkkk :-)
    --------------------------


    Escrito por Fabrício Viana às 14h54





    Meu curta não entrou no Festival do Mix.

    Sou meio lesado. Procurei no site e não encontrei. Aparentemente não entrou não. Eu estava crente que entraria, mesmo não sendo uma "super produção" (risos). Mas como foi premiado pelo Cads e Prefeitura de Sampa (documentário sobre os 10 anos da parada gay de sampa), achei que veria por lá. Mesmo assim, quem quiser assistir, ele está online neste link:

    http://tvtudo.com/nossoorgulho

    Gostei de produzir. A parte mais bacana foi que todas as personalidades aceitaram o convite e reservaram seu tempo na agenda para a gravação (talvez se fosse outra pessoa, nem todos participariam, sei lá). Só sei que o trabalho, pelo menos em DVD (alta resolução) ficou MARAVILHOSO!! Gostei muito. Agora preciso entregar pra todos que participaram (não entreguei antes por falta de tempo - mas encontrei, por exemplo, o Léo Aquila outro dia, e ele disse que "arrasei", que ficou muito bom mesmo!).

    Sobre o Festival Mix Brasil, começa nesta terça, e pelo que vi, tem filmes (longas) excelentes!!! Vou ver se dou um pulo em alguns dias. Foda é que trabalho a noite, ai já viu né? :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h54





    Eu, Rita Damasceno e Lufe Steffen

    Ai que fofo. Assistindo hoje BOA NOITE BEE (programa do MixBrasil), do querido Lufe Steffen (saudades da convivência com esse garoto!), me surpreendi com a Rita Damasceno. Sempre quando a vejo, lembro da forma de como nos conhecemos: ela foi "gatinha/espiã" em um grupo ecunêmico que participamos, há mais de 15 anos (apesar do grupo ser uma bosta - ainda bem que nem existe mais!!! kkkkkk - ela fez um trabalho maravilhoso!!!). Por isso, sempre que me recordo dela é com muito carinho. E acho que vai ser assim pra sempre...

    Tanto o Lufe, quanto a Rita, são pessoas que passam em nossas vidas e deixam marcas. Marcas boas. Claro.... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h54





    Tem DIA que a NOITE é foda!!!

    Eu gosto do estilo "largadão". E, se eu sou isso ou aquilo, galera, parem de "imaginar". Depois que me conhecer, E MUITO, ai sim, tire suas conclusões (boas ou ruins). Antes disso é arriscado. E não só comigo, mas com qualquer outra pessoa... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h54





    Chegou, chegou, chegou, chegou!!!!

    Ufa, depois de muita angústica, os livros chegaram!!! E tá muuuuuuuito lindo. Agora, vou levar no correio os exemplares já reservados, produzir o release, preparar a festa de comemoração do dia 10/11 na Tunnel, remarcar gravações da TVTudo, contatar programas de TV, rádio e revistas (sim, eu mesmo faço a assessoria de imprensa), e começar um barulhinho o quanto antes. E pior, tem feriado (mais um que vou passar trabalhando, credo!). Mas o importante é que tá tudo ok e muito lindo. Igual o pai!!!! kkkkkkk


    Escrito por Fabrício Viana às 14h53





    Pré-Venda do meu livro... to super preocupado... :-(

    Pois é. Melhorei da Gripe. E agora uma grande preocupação. Hoje é dia 26, prazo dado pela gráfica para entregar meu livro. Como não sou milionário, nem ganhei uma fortuna com a primeira edição (risos), eu abri a "pré-venda" no site (link http://www.oarmario.com/pedidos/pedido.php) para ajudar com os custos (alias, quem me pede o livro de graça, não imagina que eu tive que desembolsar mais de 5 mil reais a vista, pagando empréstimo pra banco e tudo)(risos). Mas enfim, voltando ao assunto, eu fiz a pré-venda pelo site dele e tanto as pessoas que já fizeram a reserva quanto eu, estão super ansiosos.

    Eu espero que a gráfica entregue tudo hoje ou mais tardar, segunda ou terça-feira. Mas sabe quando dá aquele friozinho na barriga? De você querer ver, exemplar por exemplar, checar, ver se ta bem impresso, se tem erros, se tá lindo de morrer como foi planejado? Pois é, se ansiedade e preocupação matasse, eu ja estaria enterrado. Ainda mais na segunda edição, onde eu caprichei pra valer.

    E essa preocupação tem razão pra existir. Quando lancei a primeira edição, a outra gráfica (com nome no mercado) me prometeu entregar tudo em uma quarta-feira, dois dias antes do lançamento na livraria (ja divulgado pra todo mundo, com convites enviados até pelo correio). Quando chegou os exemplares na quarta, o susto, tava tudo errado e mal cortado (bem torto mesmo). Liguei na gráfica desesperado, eles viram algumas cópias que ficaram la, fizeram reunião com a diretoria e me prometeram refazer tudo em apenas 2 dias (demoraram 15 pra fazer os outros - com erro). Enfim, topei (não tive outra escolha). Porém, acreditem se quiser, a gráfica pegou os errados e me entregou os novos NA PORTA DA LIVRARIA, 20 minutos depois que os convidados chegaram. Foi desesperador. Não deu tempo nem de conferir. Nem de ver nada. Mesmo assim, deu tudo certo. Mas a gente passa por cada uma que, se não tem um blog pra contar, ninguem fica sabendo. Tudo é lindo e maravilhoso. E nem sempre é lindo e maravilhoso! (risos).

    Agora, que eu to super ansioso e preocupado. E também com os leitores que já compraram esta segunda edição. ESTOU. E só vou ficar tranquilo quanto tiver tudo em minhas mãos. E conferir, livro por livro. Um por um. Página por página. E em seguida, ter o prazer de falar pra mim mesmo:

    MAS TA MUUUUUUITO LINDA ESSA SEGUNDA EDIÇÃO!!

    E complementar com a frase mais gay que eu conheço: Tááááá meu bem!!! Luxo... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h53





    A gripe está no ar...

    Odeio posts inúteis como este. Mas sabe aquela semana que você volta a trabalhar na empresa? E tem uma porrada de compromissos a semana inteira, hiper e super importantes? E do nada você pega um resfriado (não é gripe não!) que te derruba, deixa o corpo mole, garganta inflamada, etc. Pois é. Ontem a noite comecei a ficar ruim. E tudo o que eu tinha programado para a semana, vai ficar atrasado.

    Que bosta! Pior de tudo é o maridão, ele só sabe falar de cachorros. Yorkshire pra lá, yorkshire pra cá. E eu nada. To esquecido, abandonado, largado!!! (sim, eu fico dramático quando fico ruim, quem não fica?) :-(


    Escrito por Fabrício Viana às 14h53





    Magno Malta - Pior discurso que eu ja vi!

    Olha, quando a gente acha que já viu de tudo, vem um senador (que também é pastor evangélico) e solta várias pérolas sobre a homossexualidade. O video e o discurso deste senador prova o quanto ele é absurdamente ignorante neste tema. Parece que ele nunca leu nada científico sobre comportamento, psicologia e sexualidade humana. São pessoas com este tipo de pensamento (limitado e extremamente preconceituoso) que temos que lutar e encarar, dia após dia.

    Quem não viu o belíssimo discurso deste ser, o link no Youtube é este aqui.

    E ainda bem que não só os gays, mas também os heteros que escutaram esse "desabafo" monstruoso, acharam ele uma pessoa extremamente inteligente (risos). Assistam agora o vídeo da Madeleine Lacsko, jornalista da Jovem Pan Online, comentando as peripécias de Magno Malta, inclusive sobre a homossexualidade. Mas é para assistir mesmo! O link é este aqui.

    Depois volta e comenta aqui. Com certeza o google vai "googlear" meu blog e o fulano citado virá visitar meu espaço "demoníaco" mais cedo ou mais tarde. Mas, se isso acontecer, eu já deixo um comentário meu para o senhor senador: com a criminalização ou sem a criminalização, eu e muitos, jamais iremos desistir desta luta contra a nossa vida, existência e prazer sexual. Esteja bem certo disso.


    Escrito por Fabrício Viana às 14h53





    Travesti mostrando o peito nas paradas!!


    Eu sempre achei agressivo e desnecessário as travestis mostrarem seus peitos nas paradas gays. Até que me explicaram o ato político por trás desta simples atitude. O que me fez mudar totalmente meu conceito. Para não publicar e ter que explicar tudo aqui, eu copio acima um comentário meu no blog do Diego (aqui do Mix). Hoje eu vejo tudo com outros olhos. E realmente, fico muito emocionado. Não por acaso, eu sempre defendi as trans e na TVTudo, por exemplo, tem várias entrevistas com travestis e também transexuais. Se a vida pros gays é dificil, para elas, muito mais.


    Escrito por Fabrício Viana às 14h53





    Você não é malhado? Problema é seu...

    Ir pra academia malhar é um saco. Mesmo assim, eu estou indo todo dia. Da ultima vez que peguei firme, malhei durante 2 anos, todos os dias. Tive que parar porque mudei de endereço. E relaxei. Agora estou retomando e é pra valer.

    Entretanto, indo malhar estes dias, lembrei de quantas pessoas eu já vi na minha vida que reclamam do comportamento das barbies (gays malhados). Ou de outras, que tentam ir pra academia, não curtem, e falam que malhar é coisa de retardado, que o melhor é você estar bem consigo mesmo, com seu corpo, etc e tal. Enfim, sabe o que eu notei em todas elas? NENHUMA TEM O CORPO MALHADO. Sério! Nunca vi uma barbie reclamar de outra barbie porque ela é malhadinha e metida. Muito pelo contrário, "elas" se dão super bem entre si.

    Alguém ja notou isso ou só eu? Muito provável que terei comentários criticando o que eu estou falando. Ou ainda, criticando as barbies ou o culto ao corpo malhado. Provavelmente, de quem não tem um corpo malhado.

    Estas pessoas que reclamam tem o mesmo sitema daquelas outras, geralmente estudantes "quase neuróticos", que estudam muito e são contra o sistema capitalista. Ironicamente, nenhum deles tem grana! Ou você já viu um cara bem de vida, empresário, dizer que o sistema capitalista é injusto, cruel ou que não presta?

    Resumindo o que quero dizer neste post, parece que as pessoas reclamam daquilo que não tem, ou o que não conseguem ter. Em grande parte por inveja. Então, se você gosta de um corpo malhadinho, levanta a bunda, sai da frente do PC e corre para a academia mais próxima. Ou agarra o malhadinho mais próximo. Se o sistema alienativo impõe a necessidade de um corpo perfeito, qual o problema de tentar conseguir um? O que você vai perder com isso? Eu não quero ficar bombadão, mas com tudo em cima (seria a crise dos 30 anos?)(risos). Não sei. Só sei que estou curtindo malhar. E cada dia fico mais e mais viciado.

    E como faz bem para a saude do corpo e também para a saúde psíquica (sua auto-estima também melhora), eu recomendo pra todos. Melhor do que ficar "criticando", "resmungando", "criando barriga". É isso ai.

    Boa semana pra todos!

    *************

    Aproveitando, para quem pediu para avisar, a segunda edição do meu livro já esta a venda (Pré-Venda), e somente por este link: http://www.oarmario.com/pedidos/pedido.php


    Escrito por Fabrício Viana às 14h52





    Globo e você, tudo a ver!!!

    Não assisto muito a TV, porém, notei estes dias que a Globo está colocando muitas vinhetas incentivando a leitura. Sempre dando a idéia de que ler é educar, que leitura leva ao conhecimento do mundo, e por ai vai indo. Sinceramente, acho ótima a iniciativa, porém, eu me pergunto, o problema do brasileiro é realmente a falta de leitura?

    Lembro de um workshop de editoras que eu fui, onde um dos palestrantes disse claramente que o Brasileiro não lê pouco, ele lê até que muito, porém, precisamos ver o que ele está lendo. Livros religiosos (daqueles bem alienativos) ou de auto-ajuda, ocupam muitas vezes um lugar grande no ranking, quando observamos as populações menos favorecidas ou com poder aquisitivo menor.

    E ai, com base nisso, e na quantidade de livros (inúteis) que existem por ai, eu me questiono. Promover a leitura vai mudar algo? Ou promover a leitura incentivando bons livros, é que realmente vai mudar algo? Ler por ler, qualquer coisa, muda o que? Conheço pessoas que pegam o jornal do metrô, aqui em São Paulo, só pra ver o horóscopo do dia. E, tecnicamente, elas leem.

    Agora, se você incentivar livros bons, que mostram o poder, a opressão social, a formação da neurose, a corrupção política, o abuso dos impostos, a injustição social, o prenconceito contra pobres, homossexuais, negros e tantos outros, ai sim, acho que algo poderá ser feito ou mudado. Sonho meu? Não sei. Mas que é um questionamento e uma preocupação autêntica, sim, isso é.


    Escrito por Fabrício Viana às 14h52





    Dizem: Mas você é psicólogo!!!

    Mania besta das pessoas me cobrarem, no meu dia-dia, o fato de eu ter me formado em psicologia. Uma coisa (MEU INTELECTO, IDÉIAS E PENSAMENTOS) não tem nada a ver com a outra (MINHA VIDA, MEU DIA-DIA). Sem falar que 90% das pessoas que me conhecem graças aos meus trabalhos no meio gay, dizem ficar "chocadas" com meu jeito de ser. Afinal, eu falo muita besteira, dou muita risada, falo muito palavrão, tirro onda com todo mundo de boa e sou o maior mulecão.

    Quem imaginava um cara sério no dia-dia, dono da verdade, 100% certinho, sem defeitos, se ferrou. Ou se ferra!!!!!!!!! kkkkkkkkkk

    Bjs na bunda e semana pra todos! Fui..........


    Escrito por Fabrício Viana às 14h52





    Lançamento da segunda edição? Existe isso?

    No vídeo, não reparem na minha voz de sono... mas até que ficou simpático!



    Afinal, um autor gay, lançar um livro gay de forma independente e conseguir vender todos os exemplares em apenas 1 ano, é realmente uma grande conquista. Poucos conseguem esta façanha (sejam gays ou não). Quando comuniquei aos amigos e colegas do Orkut que eu estaria lançando a segunda edição agora em Outubro, muitos me perguntaram quando e onde seria o lançamento. Fiquei pensando sobre isso. Não existe lançamento de segunda edição de livros (eu, pelo menos, nunca vi!), porém, UMA FESTA comemorando, bebendo e rindo com os amigos, eu acho legal. Por isso, já agendei a data 10/11 la na Tunnel e quem puder me fazer compania neste grande dia, serei muito grato. Se é pra comemorar, vamos comemorar!

    O vídeo acima já esta rolando em todos os vídeos da TVTudo. E daqui uns 5 ou 10 dias, o livro já estara disponível para venda no site dele. E, entre nós, a segunda edição tá show de bola. To muito orgulhoso dela. Muito mesmo.

    Aproveitando, obrigado pelos comentários nos utlimos posts. Tem muita gente que visita meu blog e eu, realmente, não tenho noção da quantidade. Outro dia estava vendo as estatísticas, e são mais de 500 pessoas por dia. Ai sim me assustei. Então, obrigado mesmo! É isso ai...


    Escrito por Fabrício Viana às 14h52





    Mais um projeto Purpurina em SP!

    Tema do mês: "Identidade de Gênero"

    Não pense que você é o único no mundo, existem outros iguais a você!

    Público: jovens de 13 a 23 anos.
    Data: 07 de outubro (Próximo domingo)
    Local: Escola Rainha - Rua Rodésia, 213 - Vila Madalena - SP
    Horário: das 15 às 19 horas
    Transporte: Condução às 15 horas no metrô Vila Madalena

    Tema: Identidade de Gênero
    Participação: Bárbara Graner
    Filme: "Minha vida em cor-de-rosa"

    O Projeto Purpurina foi criado pela ONG Grupo de Pais de Homossexuais (GPH) e é realizado todo mês juntamente com os Amigos do Grupo de Pais de Homossexuais - AGPH, em parceria com a Coordenadoria de Assuntos de Diversidade Sexual - CADS, Centro de Referência e Delegacia de Crimes Raciais e Delitos da Intolerância - DECRADI. De acordo com a ONG, o projeto tem como principal objetivo aproximar os pais de seus filhos homossexuais. Participação gratuita!


    Escrito por Fabrício Viana às 14h52





    To feliz. To feliz. To feliz. To feliz.

    To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz. To feliz.


    Escrito por Fabrício Viana às 14h51





    Não consigo ir aos eventos sociais gays...

    Lançamento do CD da Claudia Wonder, aniversário da Dillah Diluz na Tunnel, feira cultural em Santo André, lançamento da Junior no Vegas nesta segunda (ainda resta uma esperança de ir), entre outros que, nos ultimos dias, não consegui ir.

    Razões? Várias, uma das principais: motivação pra sair de casa, ir pra balada, festa, etc. Parece que quando você casa, não sente mais vontade de sair (não existe aquela carência afetiva que te faz se relacionar com tudo e todos) e ai, não tem mais o mesmo pique. Quando você junta isso ao excesso de trabalho, problemas familiares (um pouco graves) ocasionados de ultima hora, compromissos do dia, já era tudo!!

    Sei que é chato ficar "fora" destes eventos sociais, por outro lado, é bom não ser "figurinha carimbada". Assim, sua presença, quando consegue ir, acaba sendo um pouco especial. Mas que é foda é.

    Alias, se fosse foda, seria melhor (risos). Mania besta das pessoas em achar que foda é algo ruim... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h51





    Encontrei a Mulher Maravilha...

    Para quem não sabia o paradeiro desta racha poderosa, olha a foto dela ai, já aposentada, lavando as roupas e como sempre chiquetérrima.

    Amei! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h51





    Sérgio Viula, ex-ex gay...


    Prometi que não iria postar nada no meu blog até tudo ficar ok com meu book. Porém, eu esqueci que postar é igual a "bater uma", quando você menos espera, tá la praticando!!! (risos) Desculpem a comparação (principalmente pra quem tem problemas com isso, ou com sexo - muita gente viu!!!), mas é verdade!! :-)

    O motivo da "quebra da promessa" é que o Sérgio Viula tem um blog pessoal e está sempre colocando coisas boas nele. Além do que, Sérgio é uma figura importante para todo o movimento homossexual. Não sei se ele gosta deste "rótulo", mas, querendo ou não ele é. Motivo? Quando falo no meu livro que tem muitos órgãos, grupos e pessoas que lutam para "curar a homossexualidade" e que depois, alguns deles, durante anos, percebem que todo este esforço é "sem sentido", isto é, não existem formas de apagar o desejo homossexual (apenas reprimir seu comportamento) é o caso do Sérgio. Deem uma olhada neste trecho, retirado do site da revista Época:

    "O carioca Sergio Viula, de 35 anos, foi um dos fundadores do Movimento pela Sexualidade Sadia (Moses), ONG evangélica que dá auxílio a pessoas que desejam abandonar a homossexualidade. Chegou a ser pastor da Igreja Batista, casou-se e teve dois filhos. Há um ano e meio, porém, assumiu ser gay, deixou a igreja e rompeu o casamento."

    Pois é, que fique claro que não estou recomendando "qualquer blog" e muito menos "qualquer pessoa". Tem umas matérias e entrevistas dele aqui no Mix Brasil que também, recomendo a leitura. A resposta do cara sobre diversos temas que envolvem a homossexualidade é fenomenal. Alguém muito inteligente e com uma experiência rica de vida. Alias, Sérgio, meu querido, demorou para escrever um livro não? Eu seria um dos primeiros a apoiar! :-)

    Então, pra quem quiser acompanhar os posts do nosso amigo, como por exemplo um time de futebol todo gay (foto acima), entre outras coisas, anota o link e coloca nos favoritos:

    http://gls.zip.net

    Eu, sempre que posso, estou lá. É isso ai Sérgio!!! E é isso ai leitores do meu blog. Só estes dias, umas 5 pessoas no meu MSN (msn fabricioviana1977@gmail.com) perguntaram como esta a qualidade do meu esperma, sobre um post que eu botei lá em baixo. Eu jurando que ninguem lia meu blog. Ai ai... kkkkkkkkk


    Escrito por Fabrício Viana às 14h51





    Problema com ISBN, Correios e ida ao Rio de Janeiro...

    Que droga, passei o dia todo resolvendo pendências da segunda edição do livro O ARMÁRIO, indo na Biblioteca Nacional e na Câmara Brasileira do Livro. Embora tudo ok, pagamento, documentação, solicitação, etc, esbarrei em um problema grave: GREVE DOS CORREIOS. Se eu quiser o código do ISBN logo, vou ter que ir pessoalmente no RJ fazer a solicitação. E como eu quero, o jeito é esperar até quinta. Se a greve persistir, bora pro RJ.

    A parte boa de toda a história é que, independente de uma coisa ou outra, a segunda edição esta prevista para ser lançada agora, no mês de OUTUBRO. E isso me deixa extremamente feliz. Só de pessoas interessadas, tenho mais de 60 solicitações quase que "desesperadas" a procura de um exemplar. Algumas chegam a me ligar no celular, perguntando se eu não tenho algum exemplar da primeira "edição perdido por ai". A procura está sendo grande, "graças a Deus" (risos)

    E para não me atrasar, mais do que já estou atrasado, só vou postar coisas no meu blog de novo, quando tiver tudo ok com o livro. Até lá, 100% concentrado nele. E quem tiver interesse, entra no site dele (link www.oarmario.com ) e pede, por e-mail, para ser avisado quando tudo estiver pronto. Será um grande prazer... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h51





    Você tem video no PornoTube?



    Pois é, algumas semanas atrás, um carinha que está no meu orkut, morador de Campinas, passou através de depoimento um link de um video pornô (dele) pedindo para visitar. Por curiosidade fui la ver e me assustei. Era ele mesmo. A cena começa com ele sentado em uma cadeira, no quarto. Em seguida, ele tira o pau pra fora da calça e começa a se masturbar, fazendo caras e bocas. Depois de alguns minutos (eta gozada demorada!!)(risos), video adiantado para a frente, ele goza e o vídeo acaba.

    Depois de assistir, fiquei pensando: o que passa na cabeça deste ser, para produzir um video e sair distribuindo por ai, mostrando o rosto e tudo? Seria fetiche? Carência? Exibicionismo? Enfim, não é da minha conta e cada um faz da sua vida o que bem entender. Claro! Mas, com a tecnologia que temos hoje, o que impediria alguém de copiar o video pro PC, e fazer a mesma coisa que fizeram com a Daniela Cicarelli?? Imagine, o video deste menino em vários sites de videos pornos (pornotube, yuvutu, youporn, xtube, pornotv, etc)?? Isso se já não fizeram. Ou até pior, depois de publicado, imaginem enviarem o link para todos os amigos da empresa onde ele trabalha? Tudo isso tem que ser pensado, não?

    Pelo menos nesta parte, sou um pouco conservardor. Ainda mais hoje em dia que, até pegação em banheiro público tem gente filmando com celular e colocando na web (no xtube, tem vários de um shopping aqui em sampa), ou ainda, transas heteros ou gays que, depois que o relacionamento acaba, os videos caem "misteriosamente" na rede. Eu mesmo ja tive umas fotos picantes que tirei com um ex meu. A sorte foi que as fotos ficaram sempre comigo (ele sempre insistiu, eu nunca mandei, meses depois deletei todas). Mas fico pensando, já imaginou se esse cara, depois que nós nos separamos (e viramos inimigos, pior ainda) coloca estas minhas fotos na rede? Não existe força no mundo que faria com que eu deletasse todas. Neste momento lembrei-me de um colega de trabalho, ele saiu com uma funcionária e, pela webcam, ela tirou a roupa inteira e se masturbou pra ele. Ele, tirou vários "print screan" (fotos da tela) e, graças a atitude machista, repassou pra todos da empresa. Até hoje, vez ou outra, as imagens rodam a rede interna da empresa.

    Seria tudo isso culpa da tecnologia? Ou da ingenuidade das pessoas? Existem videos que são gravados, mas mantem o anonimato das pessoas. Não gravam o rosto (ou usam toucas no rosto), escondem isso ou aquilo. Mas outras, são descaradas mesmo. E muito perigosas. Meu conselho, para quem tem um video ou foto erótica, mostrando o rosto, é que delete imediatamente. Ou, também imediatamente (risos), publique na web pra todos nós vermos.

    Como eu disse, cada um é cada um. Ops, se o menino que se masturbou era bonito? Vixe, não faz o meu tipo não... Só pra constar... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h50





    Shopping Tatuapé e TUDO MIX...



    Pois é, fiquei surpreso ao saber que o encontro GLS no Shopping Tatuapé em São Paulo continua firme e forte (e já tem anos!!). Independente da vontade da administração do shopping, os meninos e as meninas continuam "criando" e mantendo um espaço só deles. Antigamente, quando eu frequentava, era na praça de alimentação. Hoje, fica do lado de fora do shopping, lá atrás, no terreo. Nesta segunda (e talvez nas outras) darei um pulo la junto com os amigos. Quem puder compareça. Porém, algumas ressalvas: um amigo militante pediu pra não criar matérias, divulgar o encontro, em local nenhum. Seu grande medo é que o espaço seja frequentado por skinheads. E tudo seja desconstruido de novo. Para quem não acompanhou, o encontro surgiu, foi divulgado na mídia (A G fez uma matéria super positiva, por meio do Rogério Munhoz), teve vários barracos, sumiram todos os frequentadores e depois de meses, foi retomando aos poucos. E só com o marketing "boca-a-boca". E que fique assim por muito tempo... :-)

    Agora, mudando de assunto, vieram me perguntar se eu briguei com alguém do Mix Brasil por causa do programa TUDO MIX. Que iniciou bem, caminhou bem e JÁ TERMINOU (risos). Então é o seguinte: quando a gente não sabe de algo, não conhece, não sabe a verdade, a gente simplesmente IMAGINA. E a imaginação gera apenas duas coisas: FOFOCAS ou BOATOS. Fofoca é uma inverdade criada sobre um fato que existe ou aconteceu. Boato é parecido, mas não tem relação com os fatos. PARA EVITAR OS DOIS, a verdade é uma só! O projeto estava caminhando bem, algumas coisas mudaram durante o percurso e eu não vi mais formas de sustentação dele. Como meu "ganha pão" é outro, resolvi largar a TUDO MIX e voltar pras coisas que geram grana. Afinal, querendo ou não, a sociedade é capitalista e no final do mês, as contas estão todas lá...

    Bom, fico por aqui. Meu feriadão não foi lá grande coisa. Mas a vida é assim mesmo. Fazer o que? Bola pra frente... Sempre...

    Escrito por Fabrício Viana às 14h50





    Não que você seja santo... mas....



    ... muitas coisas que você pensa, negativamente, de alguém ou de alguma empresa que não prestou um bom serviço, a tendência é você fazer a linha "simpático" sempre. Não ser falso, mas botar uma máscara de menino bonzinho e ficar assim a todo momento, mesmo que, internamente ou pros amigos mais chegados, você não seja!!!

    É sério. Parece que quando você é um "ninguém", você pode soltar qualquer coisa pra qualquer um. Quando você tem uma certa exposição, cuida de veículos de comunicação ou trabalha com comunicação, a atenção para os bons costumes tem que ser redobrada. Você tem que ser politicamente correto a todo o momento e a todo o instante. É uma regra e pronto. Nada muda ou mudará isso.

    Não que você seja 100% perfeito em tudo. Eu mesmo vivo dizendo que não quero ser modelo de nada pra ninguem. Nem meu relacionamento deve ser. Se muita gente acha isso, pela falta de modelos que temos, o problema não é meu (risos). Claro que eu gostaria muito, mesmo, de poder falar mal publicamente de todas as empresas que já me deram dor de cabeça na vida, falar de pessoas que não gosto mas que já convivi (para manter a política da boa vizinhança) entre outras coisas. Mas a gente não pode. Nunca pode. E não deve.

    Mas que dá vontade. Dá. E só quando te conhecem, ou você conhece outras pessoas que usam a mesma "máscara" social, é que vamos percebendo como a realidade é diferente. E o quanto somos humanos, imperfeitos, com coisas boas e também negativas. Como qualquer outro.

    Enfim, apenas divagações em plena madrugada. Vou me deitar. Amanhã tenho uns exames de rotina. Um deles, sobre qualidade do meu esperma (uia, será que pretendo fazer inseminação artificial? - segredo meu!!!), só sei que estou levando vários trechos de videos pornos GAYS no meu palmtop para assistir. Claro. Já que vou ter que me masturbar num lugar que nem conheço, não vou ter ajuda de ninguém (acho)(risos), é melhor me prevenir. Imagine encontrar várias revistas pornos heteros. Ou videos? Aff. Um homem gay previnido, vale por muitos!!! É isso ai... :-)

    Espero que minha "primeira vez" seja inesquecível. Boa noite a todos! Ou bom dia, ou boa tarde... sei la...


    Escrito por Fabrício Viana às 14h50





    Mercado Gay - E viva o oportunismo...


    Não é nenhuma novidade, mas já perdi as contas de tantos lugares (boates, agência de turismo, etc) direcionadas para o público heterossexual que, quando não estão bem das pernas, em um tremendo desespero, se voltam para o público GAY. Imaginando que estarão salvas e que, dali pra frente, tudo será um mar de rosas. Bem, não é bem assim não. O público gay é igual ao público heterossexual. Costumo dizer, nos lugares que vou, que o mito de que o gay é bem de vida, tem mais poder aquisitivo, é apenas um mito. E o fato é simples, não é porque você nasceu gay que será automaticamente encaixado nas classes A e B. Vamos acordar povo!!!

    Escrito por Fabrício Viana às 14h50





    Que a justiça seja feita...


    Cheguei de viagem hoje de manhã, tenho muitas coisas pra falar, fazer, e-mails pra responder, comentários para traçar mas, infelizmente, acabei de receber um oficial de justiça me lembrando que amanhã é o segundo dia de audiência de um problema que me persegue há meses. RESUMINDO, meu tesão para produzir ou trabalhar foi por água abaixo. Como me conheço, só vou voltar a funcionar ou a produzir, depois desta bendita audiência.

    Muitos amigos, que conhecem a história inteira, disseram que tudo não vai dar em nada. Mas, mesmo assim, como estas coisas não acontecem comigo com frequência, eu fico tenso e chateado mesmo assim.

    E não é pouco não. Muito tenso e muuuuuuuuuuuuito chateado.

    Escrito por Fabrício Viana às 14h50





    AMO TU - Mulheresdez.com




    É gente, eu tenho dois irmãozinhos, um é o André Luis e a outra é a Isabel Machado (Profile do Orkut), diretora e apresentadora do programa MULHERES DEZ (www.mulheresdez.com), onde tenho agora um quadro GLS todo domingo pra toda a baixada santista (Santos, São Vicente, Guarujá e mais 5 municípios próximos). E não é nada pela Internet!!!! Confesso que isso me assuta um pouco pois, embora o programa seja regional (com possibilidades grandes de ampliação, visto a qualidade com que é feito), a repercussão do programa e do meu quadro esta sendo ASSUSTADORA. Bem aceito, bem comentado por donas de casa, pais de familia, adolescentes, avós, enfim. É tudo o que eu sempre sonhava: LEVAR O UNIVERSO GLS, PRA QUEM NÃO É GLS. Falar da homossexualidade na TV, DURANTE O DIA, conversar de boa, informar, entreter. E essa parceria com a minha irmazinha promete.

    As vezes fico pensando. Algumas coisas dão erradas (tipo, você ser boicotado por pessoas inseguras - aconteceu isso comigo duas vezes só na semana passada). Mas outras dão certas, pois o que prevalece, é você, sua essência, seu trabalho e seu lado profissional. To nesta fase. Um pouco triste com algumas coisas mas feliz por outras. E a Isabel faz parte desta felicidade. E o André Luis também, claro, ele tá apaixonado e irá se casar em Novembro com seu "futuro marido". Nada melhor do que encontrar um grande amor não?

    Enfim, quem bom que as coisas caminham. Agora deixa eu arrumar as malas. São Paulo tá frio pra caramba (odeio frio), to com medo de Cascavel (PR), lá deve estar bemmm mais frio. Mas vamos que vamos. To levando uns livros para ler nas horas vagas (todos de sexo)(risos). E que vão ajudar a enriquecer meu segundo livro.

    Espero que meu bebê fique em casa e cuide bem do Kauê e da Kauana. 4 dias fora é saudade que não acaba mais. Ops, falando nisso, segunda-feira estou de volta, e pretendo ir com o amigo Ricardo Gomes (www.programaescandalo.com) e com Claudio Medeiros (gerente da Tunnel) no encontro GLS do Shopping Tatuapé. Parece que as coisas lá estão bem bacanas. Bom, vamos conferir.

    É isso ai. Bjs a todos e até segunda... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h49





    30, 31, 01 e 02 em Cascavel/PR



    Pois é pessoal, no final de semana agora estarei em Cascavel/PR a convite do Grupo Expressões para o III Seminário de Diversidade Sexual, que ocorre apenas nos dias 31 e dia 01!!!!

    Quem for da região, faz um esforço e participa (aproveita e bate um papo comigo!). O valor de participação é simbólico. Mais informação sobre o seminário:

    ==================
    III SEMINÁRIO DA DIVERSIDADE SEXUAL
    ...sei que não dá pra mudar o começo, mas se a gente quiser, vai dar pra mudar o final

    O Grupo Expressões – Direitos Humanos, Cultura e Cidadania com apoio do Cedip (Centro Especializado de Doenças Infecto-Parasitárias) promove o III Seminário da Diversidade Sexual. O tema desse ano é “Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros”. O evento acontece nos dias 31 de agosto (18h30m – 22h15) e 01 de setembro (13h30m – 20h) de 2007 no auditório da Prefeitura de Cascavel.

    A falta de informação é encarada pelo Grupo Expressões – Direitos Humanos, Cultura e Cidadania como terreno propício para a manifestação do preconceito”, explana Andreia Cristina de Souza, coordenadora da Ong. A realização deste seminário, que é abeto para toda a sociedade, objetiva a troca de informações sobre a diversidade sexual para fomentar melhor convívio social e estabelecer uma relação de Respeito à comunidade GLBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais e Transgêneros).

    A Enfermeira Josana Dranka, Coordenadora do Programa Municipal de DST/Aids, ressalta a importância de discutir a diversidade sexual: “A falta de informação se dá muitas vezes pela dificuldade de freqüentar a escola, encontrar trabalho e pela discriminação da própria família. Todos estes ligados ao preconceito e ao estigma, aumentando sua vulnerabilidade para o HIV, violências e outros”.

    DISCRIMINAÇÃO:

    Segundo dados do Grupo Gay da Bahia, 2.745 homossexuais foram assassinados no Brasil entre 1980 e 2006 (67% gays, 30% travestis e transexuais e 3% lésbicas). Isto significa um GLBT assassinado a cada dois dias. Essa estatística alarmante chama a atenção e reforça a necessidade de trabalharmos uma política de formação através da educação, da inclusão social e do respeito mútuo.

    Um trecho específico do texto “Só de Sacanagem”, declamado durante um show pela cantora Ana Carolina, serve de referência para o Grupo Expressões não desistir de promover a discussão sobre a diversidade. “...sei que não dá pra mudar o começo, mas se a gente quiser, vai dar pra mudar o final”.

    PROGRAMAÇÃO:

    No III Seminário da Diversidade Sexual, assim como nos anteriores, a informação é trabalhada de diferentes formas. Desde a decoração, exposição de fotografias, apresentações musicais e teatrais, exibição de pequenos filmes até as exposições e debates com os palestrantes.

    A psicóloga Maria Cristina Oliver Martin apresentará o tema “Atendimento da Diversidade nos Serviços de Saúde”. O escritor e psicólogo Fabrício Viana terá duas participações: “Compreendendo a Diversidade” e “Homossexualidade – Gays”. A fisioterapeuta Irina Karla Bacci, presidente do Grupo Inova de SP apresenta “Lesbianidade”. O tema “Bissexualidade” é apresentado por Rosa Maria Rodrigues de Oliveira, Mestre em Direito e Doutoranda pela UFSC (Universidade Federal de Santa Catarina). Para esclarecer sobre “Travestis, Transexuais e Transgêneros” a professora de inglês Jacqueline Rocha Côrtes, ativista e consultora em HIV/Aids e Direitos Humanos. A mesa redonda será mediada pelo psicólogo Antônio Alexandre Pereira Júnior.

    As inscrições para o Seminário podem ser realizadas pelo telefone (45) 3327-2575 ramal 211 ou pelo e-mail seminariodadiversidade@gmail.com ao custo de R$5,00 para estudantes, acadêmicos e GLBTs e R$10,00 para profissionais e demais participantes. Informações: (45) 9962-4411 com Dielson ou (45) 9913-1002 com Andreia.

    Este evento tem apoio do Ministério da Saúde, Cedip, Sesau, Adesimais, Gráfica Ouroform, Prefeitura de Cascavel, Rádio Universitária, Jornal Impacto Acadêmico, Catve, Imprensa em geral.


    Escrito por Fabrício Viana às 14h49





    TALENTO. Ou você tem, ou você NÃO TEM!!!




    Mês passado, vendo cantores desconhecidos pelo grande público no Youtube, esbarrei com essa garota. E fiquei pasmo!!

    Rihanna - Umbrella (Acoustic)
    http://br.youtube.com/watch?v=589Mvlz6LWE

    Nelly Furtado - Say It Right
    http://br.youtube.com/watch?v=gObLA23tJoU

    Natalie Imbruglia - Torn
    http://br.youtube.com/watch?v=0ruRcvTNTWk


    Fala sério!!! Quem tem talento pra algo, tem e pronto!!! Não tem nem o que discutir... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h49





    O mundo é GAY!!!!!



    OK, ok, ok!!! Não faço parte daqueles que acham que o mundo é gay. Mas, francamente, COMO TEM GAY NO MUNDO!!! Meu bairro, onde nasci e cresci com meus pais, nunca tinha percebido nada. A não ser um casal de lésbicas que uma vez minha mãe citou. Fora elas, mais ninguem. Agora que estou grande, e que conheço todos os amigos, sei que tem gays na minha rua (vários, alguns não assumidos), na rua de baixo, na de cima, no bairro vizinho, no outro bairro, na região que moro, na região vizinha, ufa. E por ai vai indo. E não falo de um ou dois não, FALO DE MUITOS. Cada dia eu me surpreendo mais.

    Sem falar daqueles que não são gays, mas tem ou já tiveram "rolo" com os que são (na linguagem popular, ja comeram, ja foram "boqueteados", etc). É minha gente. O povo esconde a homossexualidade, mas, quando a gente presta atenção, descobre várias coisas feitas por debaixo do pano. E assim é a vida.


    Escrito por Fabrício Viana às 14h49





    Vida Lokaaaaaaaaa....

    Gente, não estou tendo tempo pra nada!!! :-(



    Domingão fui no programa ao vivo da minha super amiga ISABEL MACHADO, chamado MULHERES DEZ. As fotos já estão no site e o video, para quem quiser assistir, esta disponível para download (380Mb com 2 horas de duração) também no site (http://www.mulheresdez.com). Detalhe, ela vai ser pioneira em colocar, no programa dela, todo domingo, um quadro GLS para toda a baixada santista. E quem irá apresentar? Eu, claro! Ela não quer mais ninguem. Só eu. Que coisa não? :-)


    Bel, valeu. Ganhei muitos presentes (só em te ver pessoalmente e dar um abraço apertado já é um presentão) e foi show de bola!


    Agora, um recadinho rápido. Dia 31, 01 e 02 estarei em Cascavel (Paraná) palestrando sobre a homossexualidade. Volto dia 03 e no dia 04 embarco para Minas Gerais, também palestra sobre a homossexualidade e fico la nos dias 04,05 e 06. Assim que tiver todos os dados, colocarei aqui no blog. Sempre tem gente que mora próximo, conhece meu trabalho e vai só por causa da minha presença. Que chique!!! Aconteceu isso em Campina Grande, na Paraíba e em outros lugares que fui. Isso é show de bola.


    Depois eu conto mais novidades. Tenho que voltar pra produção da TUDO MIX que tá babado!!! Quem não viu ainda, o link é: http://mixbrasil.uol.com.br/tvtudo/tudomix


    Escrito por Fabrício Viana às 14h47





    [FASHIONISTA]

    Jimmy James - Fashionista Lyrics

    (Beauty has a price)
    (Beauty has a price)

    Everybody line up
    The show is about to start
    Everybody line up
    The show is about to start

    Places
    The show is about to start
    You have to show a look, have a look or give a look

    Faces
    Beautiful
    No one ugly allowed

    Hahahahaha
    Hahahahaha

    Are you ready
    Here we go

    Fashion is the art
    Designers are the gods
    Models play the part of angels in the dark
    Which one of you would ever dare to go against
    That beauty is a trade and everyone is paid

    Chorus
    Fashionista
    How do you look?
    Fashionista
    How do you look?
    Fashionista

    Fashionista
    Fashionista

    (Beauty has a price)

    Fashion is the art
    Designers are the gods
    Models play the part of angels in the dark
    Which one of you would ever dare to go against
    That beauty is a trade and everyone is paid
    Chorus

    New York, London, Paris, Milan
    Tokyo, I think it’s in Japan
    Asia, Malasia, Las Vegas to play, L.A.
    If you pay my way

    Fashionista

    What are you wearing?
    Who are you wearing ?
    What are you wearing?
    Who are you wearing?

    Schon, John, Kelvin Klein
    Donna Karan’s fashion line
    Valentino, YSL
    Ferré, Camal and Channel
    Halston, Gucci, Fiorucci
    Don’t forget my Pucci
    Fendi and Armani
    God I miss Gianni
    Kenneth Cole, Michael Kors
    Mr. Ford I can’t afford
    D&G and BCBG
    Looking good is never easy
    Alexandre Herchcovitch
    Naomi Campbell’s such a bitch
    I wanna be delgada
    To fit into my Prada
    Oscar de La Renta, Louis Vuitton
    Imitation of Christ
    Beauty has a price


    Escrito por Fabrício Viana às 14h47





    Dinâmica Dominador X Dominado


    Quando eu olho pro céu, e imagino a dimensão infinita do universo, com vários planetas, galaxias, etc, tenho a constatação de que todos nós, aqui na Terra, não somos praticamente nada comparados a esta imensidão (somos minúsculos grãos de areia brigando entre si num planetinha que, também é um grão de areia).

    Ual, reduzi bastante. Porém, uma das dinâmicas implícitas comportamentais marcantes entre nós é a relação DOMINADOR x DOMINADO. Adoro estudar isso, pois ela nos governa em tudo, até mesmo na cama. E, atualmente, eu tenho ficado impressionado com demonstrações deste tipo de comportamento vindo dos meus dois lindos e ingênuos cãezinhos.

    Vejam que interessante, o Kaue, o maior na foto acima, é macho, tem 1 ano e meio e recebeu recentemente uma amiguinha, a Kauana. A Kauana, quando chegou, tinha 2 meses de vida, hoje esta com 4 meses e, pasmem, ela MANDA NELE. Isso mesmo. Como diz o Alex, ele é "pau mandado". Não come, não anda, não brinca, não corre, não faz nada sem as ordens dela. E ela, por sua vez, tomou conta da área e da situação. Mesmo sendo 3 vezes menor que ele.

    Uma das várias peripécias dela, e que eu fico besta, é que, quando ela esta dentro de casa e ele tenta entrar, ela não deixa!!! Morde a perna dele e o expulsa. Só "ela pode ficar dentro". Se ele insiste, ela late, briga, rosna, faz um auê só. Claro que rola ciumes. E que nós imaginávamos que seria dele com ela!! Mas, o que me impressiona, é que, como ele consegue ser tão bundão e ela, com 4 meses e menor que ele, dominar tudo e todos??

    Essas coisas me fazem refletir também nos comportamentos empresariais. Ja viu aquele profissional que domina uma área, é promovido rapidamente, porque domina toda a situação, pessoas, trabalho, etc? Ou ainda, levando pra cama, pro trepa-trepa, aquele que tem "a pegada" e a "dominação" na cama? São comportamentos inatos ou aprendidos? Pra quem busca a resposta, são os dois... 50% de cada...

    Agora, o que eu to com receio, mesmo, na relação Kaue X Kauana, é quando essa danada crescer. Ficar do tamanho dele. Imaginem? Se não fizermos nada, o Kaue tá frito na mão dela...


    Escrito por Fabrício Viana às 14h47





    Você é Edilson Oliveira???


    Eu adoro atender telefone. E, pra variar, todo dia umas três empresas me ligam querendo falar com um tal Edilson Oliveira e oferecer produtos. Eu até respondo: não senhora, aqui não mora esse infeliz, mas se a senhora descobrir, me avisa, porque virei secretário dele!!! Esse desgraçado!!! :-)

    Quando estou de bom humor, com tempo e disposto, eu digo: sim, sou eu sim. Ai eles falam, oferecem produtos e serviços, e eu vou levando a conversa.

    Dane-se.

    Porém, se você é esse tal "Edilson Oliveira" que tanto procuram aqui na minha casa e está lendo este blog. Gato, estou te procurando há tempos. Me manda e-mail, passa seus dados, vamos marcar algo, só quero te estrangular um pouco. Não a ponto de te matar. Ainda não... :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h46





    Wilhelm Reich no Teatro em SP


    Ta ai uma peça sobre um cara que estará super presente no meu segundo livro (que pretende falar sobre a Potência Orgástica - O gozo pleno!). Portanto, quem puder, assista esta peça e conheça mais este grande ícone da psicologia!!!! :-)

    “O ASSASSINATO DE WILHELM REICH”

    Direção e Dramaturgia: Marcos Davi
    Atuação: Marcelo Reis

    Sinopse:

    Wilhelm Reich encontra-se num aposento lúgubre. Introspectivo, passa a sentir-se observado. Como se ouvisse vozes, inicia um monólogo que começa por questionar os motivos de sua prisão. Relembra sua infância e adolescência conturbadas, sua relação com a psicanálise, o rompimento com Freud e as fugas dos países em que viveu para escapar das perseguições fascista e nazista; recorda-se de seus contemporâneos e tenta compreender a inaceitação de suas idéias pela burguesia. Diante de sua trajetória, pressente a sua morte e faz um paralelo entre o seu destino e o de outras pessoas que vivem ou viveram perseguidas por causa de suas idéias; relembra as denúncias que fez em “O Assassinato de Cristo” e enfatiza a praga emocional que assola a humanidade.

    Estréia: 03 de agosto
    Temporada: até o dia 30 de setembro
    Sextas-feiras e Sábados às 21:30
    Domingos às 20:30
    Ingressos: R$ 10,00


    Teatro Ruth Escobar - Sala Miriam Muniz
    Rua dos Ingleses, 209, São Paulo - SP
    Telefone: 3289-2358
    Capacidade: 59 lugares
    Duração: 70 minutos

    Censura: 14 anos


    Escrito por Fabrício Viana às 14h46





    Brigas de Drag Queens...


    Tava analisando estes dias as várias histórias que já escutei no meio gay sobre as drag queens, desde as mais novas, desde as mais simples, até as mais antigas, as mais tops!!! E, caramba, tem muita muvuca que o público sequer imagina. É a fulana que teve peruca roubada de dentro do camarim enquanto foi ao banheiro, a cicrana que levou um tapa no rosto do namorado da outra por besteira, a vincrana que chegou no dono da boate preparada pra fazer o show, sendo que o dono nem a tinha chamado pra fazer show (ela deu uma de louca mesmo!!) e por ai vai indo. Pois é, esse universo não é nada fácil. Sabemos que existe máfia em tudo quanto é canto e área, meus amigos DJ´s hiper talentosos que o diga, porém, entre as drags, o babado é bem MAIS FORTE...

    Claro que isso não acontece com todas... mas, pense bem antes de ser uma diva da noite gay!!! :-)


    Escrito por Fabrício Viana às 14h46





    Arquivos


    .
    .

    Copyright 2006 by Fabrício Viana  - Obra registrada no Escritório de Direitos Autorais.
    Nenhuma parte poderá ser copiada ou reproduzida sem autorização, por escrito, do autor.